Ruth M. Chittó Gauer – A Fundação Da Norma: Para Além Da Racionalide

afundacaodanorma

A fundação da norma vista como a proibição do incesto, por Lévi-Strauss, revela uma norma inflexível, fonte de todo limite, portanto, de todas as leis. Segundo o autor, foi o primeiro Não que o homem opôs à natureza. Esse tabu, embora pareça não ter justificação biológica, nem razão de ser, é a raiz de toda proibição, constitui-se ao mesmo tempo na norma, no fato e no valor. Esse Não contém um Sim: a proibição não apenas separa a sexualidade animal da sexualidade social, mas, como na linguagem, esse Sim funda o homem, constitui a sociedade. Para Lévi-Strauss, estamos diante de uma operação inconsciente do espírito humano que, em si mesma, carece de sentido ou de fundamento, mas não de utilidade: graças a ela, à linguagem, ao trabalho e ao mito os homens são homens.

pdf

Deixe uma resposta