Rosio Fernández Baca Salcedo & Maria Solange Gurgel De Castro Fontes – Pesquisa Em Arquitetura E Urbanismo: Desafios Urbanos
O volume 3 da série PPGARQ é intitulado Pesquisa Em Arquitetura E Urbanismo: Desafios Urbanos e contém oito capítulos, produto das pesquisas de docentes e discentes do PPGARQ e de pesquisadores convidados de universidades nacionais e internacionais, distribuídos nos seguintes temas: urbanismo ambiental, patrimônio industrial, infraestrutura urbana, espaços verdes urbanos, conforto térmico urbano, mobilidade urbana e resíduos sólidos.
Com a publicação desse terceiro volume da série, pretende-se que o tema abordado possa contribuir com futuras pesquisas em Arquitetura e Urbanismo e áreas afins.
“O livro Pesquisa Em Arquitetura E Urbanismo: Desafios Urbanos , que temos a honra de organizar, é o terceiro volume produzido pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGARQ) da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC) da UNESP, campus de Bauru.
O objetivo dessas publicações tem sido a divulgação das pesquisas desenvolvidas por docentes e discentes do programa, bem como de pesquisadores docentes de outras Universidades do país e do exterior.
O presente livro está estruturado em oito capítulos subdivididos nas seguintes temáticas: urbanismo ambiental, patrimônio industrial, infraestrutura urbana, espaços verdes urbanos, mobilidade e resíduos sólidos urbanos.
O primeiro capítulo, intitulado “El lugar como proyecto: reflexiones teóricas en torno a la potencialidad del lugar como proyecto imaginado y posible”, do autor Marcelo Zarate, traz uma proposta desde o urbanismo ambiental alternativo, o urbanismo ambiental hermenêutico, que estuda o lugar como objeto de estudo para interpretar a cidade desde uma articulação dialógica entre distintas disciplinas.
Propõe estudar o lugar como projeto desejável e possível, uma utopia concreta, que pode acontecer seja para renovar a vida de um lugar existente ou para gerar uma alternativa.
O segundo capítulo, intitulado “Complexo FEPASA: a importância do reconhecimento histórico para a valoração de um patrimônio industrial”, dos autores Eduardo Romero de Oliveira, Milena Meira da Silva e Tainá Maria Silva, apresenta uma visão multidisciplinar com o fim de compreender se a condição de preservação reflete de fato o valor histórico e tecnológico no caráter físico, desse conjunto ferroviário na cidade de Jundiaí, no Estado de São Paulo, que é protegido em âmbito nacional pelo IPHAN.”

 

Camisa Casa De Livros

Deixe uma resposta