Rafael Siqueira Guimarães & Outros (orgs.) – Gênero E Cultura: Perspectivas Formativas Vol. II

É com muita esperança que apresentamos o segundo volume de Gênero E Cultura: Perspectivas Formativas pelas Edições Hipótese.

Abre-se, mais uma vez, com esta publicação, o caminho de tessituras com a Educação Básica e a pluralidade de perspectivas dos estudos feministas, da mulher, de gênero e das sexualidades, buscando o enfrentamento dos desafios interdisciplinares, interseccionais e intersetoriais que se apresentam em tempos coléricos, em que vivemos uma onda conservadora, do ponto de vista institucional, e que tem como uma das principais miras os corpos dissidentes.

Não vamos dar nenhum passo atrás! Se propostas de escola com mordaças buscam arrefecer ânimos e estabelecer parâmetros que apagam nossos corpos dissidentes de gênero, sexuais, racializados, gordos, pobres, deficientes que interpelam a perspectiva hegemônica da branquitude cisheteronormada é porque avançamos e os estudos de gênero estão cada vez mais ocupados por uma multiplicidade de corpos, não apenas como “objetos”, mas principalmente como sujeitxs da produção de conhecimento.

Não aceitaremos mais genocídios e epistemicídios coloniais sem nos levantarmos com nossas vivências, nossas potências. Nossos desejos, nossas identidades políticas e nossos saberes e fazeres importam.

Nesta perspectiva de afirmatividade, numa perspectiva editorial potente e necessária, é que tomamos de assalto com esta coletânea de textos.

Com este caleidoscópio de temáticas e perspectivas desde as escrituras, contamos desta vez com a capa especialmente elaborada pela artista visual e ativista mexicana Cerrucha, em diálogo com seu projeto artístico “Desconstruyendonxs”, que potencializa nosso desejo de agir, de estar, de construir e desconstruir a nós mesmxs, num processo constante de diálogo e participação nos espaços da Educação.

Seguimos em luta, desde nossas coincidências, (re)escrevendo as redes que se formam desde nossas afirmatividades, porque nossas ancestralidades múltiplas sempre estiveram resistindo, e assim permaneceremos.

Afirmando, produzindo e desejando, seguimos!

 

 

Caneca Ciclista Leitora | Branca

Deixe uma resposta