Observações Sobre O Sentimento Do Belo E Do Sublime / Ensaio Sobre As Doenças Mentais – Estes dois escritos da fase inicial do pensamento de Kant parecem ocupar-se de assuntos de natureza antropológica, ainda que absolutamente distintos. Nas Observações Sobre O Sentimento Do Belo E Do Sublime maneja as categorias do belo e do sublime para pensar temas de índole social e antropológica, como as relações entre os sexos, a descrição de tipos de sociabilidade tomando como guia a doutrina clássica dos quatro temperamentos, os caracteres nacionais, as raças humanas, etc.
No Ensaio Sobre As Doenças Mentais apresenta-se a classificação das doenças mentais. O que os une é a orientação da sua reflexão pela relação entre natureza e civilização. A natureza é o fundo que por meio de um processo de contraste possibilita a compreensão da sociedade. Vista a esta luz o seu inquérito tem comunidade temática com diversidade de soluções, e contribui para uma discussão que conduz às obras de maturidade.

As diferentes sensações de contentamento ou desgosto repousam menos sobre a qualidade das coisas externas, que as suscitam, do que sobre o sentimento, próprio a cada homem, de ser por elas sensibilizado com prazer ou desprazer. Provém daí as satisfações de alguns homens por aquilo de que outros têm asco, a paixão amorosa, que frequentem ente é um enigma para todos, ou mesmo a intensa repugnância que alguém sente por algo de todo indiferente a outra pessoa.
O campo de observações dessas particularidades da natureza humana estende-se a perder de vista, e oculta ainda descobertas tão agradáveis quanto instrutivas. Aqui lanço meu olhar, mais de observador do que de filósofo, apenas sobre alguns pontos que parecem apresentar-se como relevantes nessa área.
Visto que um homem só se sente feliz na medida em que satisfaz uma inclinação, certamente não é pouca coisa o sentimento que o habilita a gozar de grandes satisfações, sem para isso carecer de talentos excepcionais. Gente corpulenta, para quem o autor mais espirituoso é o próprio cozinheiro e para quem as obras do gosto refinado encontram-se na própria adega, terá, nas obscenidades comuns e em um gracejo inconveniente, alegria tão intensa quanto aquela da qual tanto se orgulham pessoas de nobre sentimento.

Camisa Coração

2 thoughts on “Immanuel Kant – Observações Sobre O Sentimento Do Belo E Do Sublime

Deixe uma resposta