Donella Meadows & Outros – Limites Do Crescimento
Limites Do Crescimento é um livro urgente e necessário.
Ele retoma e aprofunda os termos do debate sobre crescimento e sustentabilidade lançado pelo Clube de roma em 1972 com publicação de seu relatório Limites Do Crescimento.
Atualmente, com o colapso da pesca, a redução das florestas, a diminuição dos níveis dos lençóis freáticos, a extinção dos recifes de corais, a expansão dos desertos, a erosão dos solos, o aumento da temperatura e o desaparecimento de espécies, é importante pensarmos sobre os limites do crescimento.
Quando foi publicado pela primeira vez, em 1972, em resposta a uma solicitação do clube de Roma, Limites Do Crescimento suscitou imediata atenção e muita polêmica em diversas partes do mundo.
Pela primeira vez, a humanidade despertava para a crua realidade dos limites físicos da Terra em condições de ilimitados impactos humanos. Há trinta anos, Limites Do Crescimento foi ampla, mas erroneamente atacado, por profetizar a catástrofe, ignorar os custos e negar a adaptação.
Hoje em dia, com as dinâmicas globais e desafios que ela anteviu para todos nós, e com as reformas que ela urgiu como mais vitais do que nunca, sua oportuna revisão permanece como um instrumento de excepcional valor para entendimento do futuro revelador e criação do tipo de futuro que almejamos.
Trinta anos mais tarde, a obra acrescenta novas análises, atualiza dados e cenários para aprofundar o mesmo chamado de alerta.
Os limites estão cada vez mais próximos e os seus primeiros impactos já excedidos aumentaram consideravelmente o prejuízo ambiental, econômico e social, provocando situações de tragédia humana justamente nas áreas mais empobrecidas e vulneráveis do planeta.
Limites Do Crescimento se concentra em elucidar a necessária transição a um mundo sustentável, e sugerir o necessário debate sobre as ferramentas para enfrentar a transição. Trata-se de uma excelente contribuição para o debate e ação sobre temas decisivos para a vida e o futuro das sociedades.
Limites Do Crescimento é dedicado a políticos, cientistas, tomadores de decisão, estudiosos, formadores de opinião e cidadãos preocupados com o seu destino e o dos que viverão. Enfim, seres humanos que ainda acreditam que é possível, e que ainda há tempo.

Deixe uma resposta