Deribaldo Santos – A Particularidade Na Estética De Lukács
O presente livro foi inicialmente pensado como um conjunto de notas que pudessem auxiliar os leitores interessados pela Estética de Lukács; mais especificamente para aqueles estudantes e estudiosos que pretendem ter uma compreensão mais destacada sobre a importância que a categoria da particularidade assume nas investigações sobre o campo estético do pensador magiar.
Contudo, precisamos advertir os leitores sobre um fato que, mesmo sendo óbvio, merece ser enfatizado. As páginas que se seguem obedecem ao recorte que o autor considerou mais significativo a ser dito em um espaço circunscrito às pretensões de um texto com o alcance que o cabe prospectar.
Isto é, reunir um conjunto de notas que possam, a partir de uma articulação expositiva, dar um melhor suporte no entendimento da categoria central da estética marxista.
A importância dos estudos sobre a obra do filósofo húngaro é indubitável. Sua Ontologia ganha, a cada dia que passa, um número maior de leitores dentro e fora do marxismo, no Brasil e no exterior.
Mesmo no contexto do que se convencionou chamar de marxismo, essa obra-monumento catalisa adeptos e detratores. A categoria trabalho foi e ainda é a de maior visibilidade dentro da Ontologia; não obstante, outros complexos passam a ganhar, crescentemente, espaço no debate.
Pode-se afirmar, com boa margem de segurança, que muito já se escreveu sobre tal obra e é possível indicar que muito mais ainda está por vir, sobretudo porque sua recente tradução para o português começa a ganhar críticas.
Muito diferente é o que ocorre com a também monumental Estética!
Por meio da análise da particularidade, portanto, torna-se possível compreender a realidade concreta, pois é esta categoria que realiza a movimentação da mediação dialética entre os ambientes de tensão, jogo e ludicidade existentes entre a singularidade e a universalidade, efetivando, por seu modo de operar, as determinações objetivas que interferem nos dois extremos, purificando-os perante a reflexão artística.
A análise da particularidade, com efeito, é substancial para que se desenvolva uma correta apreensão das determinações existentes no reflexo estético.

 

Camisa Abraço De Livro

Deixe uma resposta