Daniele Brocardo & Outros (Orgs.) – Terra E Memórias: Vivências, Conflitos E Conquistas No(s) Rural(is) Do Brasil
Terra E Memórias. Há título mais lindo do que esse? Dificilmente.
A partir dessas duas palavras, os autores dos vários textos que compõem o referido livro assumem o desafio de discutir um dos temas mais emblemáticos da história do Brasil e, ainda assim, o mais invisível.
Eis um drama reiterado, reatualizado na história do país. É como se a luta pela terra fosse a nossa doença mais perene. Eis uma chaga que nos consome sem que nos apercebamos o quanto ela fere profundamente nossa identidade nacional. Como é possível que isso se mantenha, sem que ninguém faça nada?
Como explicar que os embates entre possuidores, pequenos produtores, camponeses – por um lado – e seus algozes – por outro -, os fazendeiros, o Estado, as organizações das classes dominantes, tenham culminado em eficazes apagamentos das memórias daquelas lutas?
É surpreendente a força de uma memória ainda assentada no velho estereótipo de um camponês ignorante, incapaz de lutar pelos seus direitos.
Mas não há também uma memória a qual reafirma que o agro é pop, quando sabemos que essa frase, aparentemente tão moderna, esconde – para o cidadão da cidade – o uso desmedido do agrotóxico no campo brasileiro, condenando a uma desgraça ainda maior a população rural do país?
O livro Terra E Memórias não assume o desafio de resolver todo o nosso drama, mas ele se constitui num esforço bem-sucedido para contribuir com a elucidação de algumas das questões-chave que envolvem as disputas pelo acesso à terra no país. Nesse conjunto de texto, há muito o que aprender.
Os textos privilegiados em Terra E Memórias têm como propósito fundamental colocar para discussão as questões que envolvem as diferentes faces dos rurais do Brasil a partir de distintas perspectivas.
Sob esta ótica, optou-se por expor artigos que dialogam com as contradições, as tensões e os conflitos apresentados aos camponeses de diferentes regiões do Brasil.
O recorte estabelecido pelas análises aqui apresentadas compreendem as conjunturas do rural a partir de meados do século XX até o tempo presente, intervalo esse em que são expostas – principalmente aos pequenos agricultores e aos trabalhadores rurais sem terra – diferentes formas de ações e pressões em torno da posse da terra.

 

Camisa Guarda-Chuva

Deixe uma resposta