Leticia Pinheiro – Política Externa Brasileira (1889-2002)

Posted on Leave a commentPosted in História, Relações Internacionais

Política Externa Brasileira (1889-2002) – Autonomia e desenvolvimento têm sido temas centrais da política externa brasileira. Nesse livro, a autora analisa a política externa desde a Proclamação da República, demonstrando a articulação entre as ideias e os interesses predominantes dos principais atores e instituições da vida política e econômica nacional.

Natália Mascarenhas Simões Bentes & Outros (Orgs.) – Síria: Da História À Crise Humanitária

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Direito, História, Relações Internacionais

Síria: Da História À Crise Humanitária apresenta os primeiros resultados da série “Observatório de Direitos Humanos na ONU”, organizada pela Clínica de Direitos Humanos do Centro Universitário do Estado do Pará (CESUPA), durante o ano de 2017. A obra analisa um dos mais complexos conflitos em curso na atualidade, a guerra na Síria, à luz […]

Zygmunt Bauman – Estranhos À Nossa Porta

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Relações Internacionais

Estranhos à Nossa Porta, trata da grave problemática que tem envolvido sobretudo a Europa: a crise migratória. A análise de Bauman sobre o que se convencionou chamar de “crise migratória”, estabelece-se no plano investigativo que foca o fluxo migratório para a Europa como uma grande tragédia que se abateu sobre as populações migrantes. Nesse processo […]

Paula Fontenelle – Iraque: A Guerra Pelas Mentes

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Comunicação, História, Relações Internacionais

Iraque: A Guerra Pelas Mentes – Paula Fontenelle examina em profundidade os perigos enfrentados por repórteres durante a cobertura da guerra. Oficiais de soldados envolvidos no apoio logístico de todas as fases da reportagem, das gravações na linha de frente dos combates ao transporte de equipamentos para os pontos de transmissão de satélite. Repórteres com […]

Franthiesco Ballerini – Poder Suave

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Comunicação, Relações Internacionais

Utilizado pela primeira vez pelo cientista político Joseph Nye na década de 1980, o termo poder suave (soft power) designa a capacidade de um Estado ou uma instituição influenciar a opinião pública para que seus objetivos sejam cumpridos. Acompanhando a humanidade há milênios, o poder suave se fez sentir sobretudo na cultura. O exemplo mais […]

Andrew Hurrell & Outros – Os BRICS E A Ordem Global

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, Relações Internacionais

Até que ponto Brasil, Rússia, Índia e China podem funcionar como novos pilares da ordem global? Os BRICS E A Ordem Global examina as estratégias de política externa dos chamados Brics, dando atenção especial às suas relações com os Estados Unidos, e discute as características, estratégias e tensões embutidas no comportamento desses quatro países crescentemente […]

Bas´Ilele Malomalo & Outros (Orgs.) – África, Migrações E Suas Diásporas

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Geografia, Relações Internacionais

Os textos reunidos em África, Migrações E Suas Diásporas mesclam-se com experiências de vida, profissão e militância de seus/suas autores/as, que se encontram nos diálogos tecidos em torno das temáticas: Mobilidade Humana, Migrações, Diásporas Africanas e Cooperação Sul-Sul, com destaque para a participação de sujeitos de diversos campos de conhecimentos de Ciências Sociais e Humanas.

Lucas P. Do C. Ferraz – Acordos Bilaterais De Comércio Entre As Economias Do BRICS

Posted on Leave a commentPosted in Ecologia, Relações Internacionais

Este trabalho contrasta diferentes acordos bilaterais de comércio envolvendo o Brasil e cada uma das demais economias que compõem o BRICS: China, Índia, Rússia e África do Sul. Cenários de liberalização bilateral são simulados supondo uma estrutura de mercado em concorrência perfeita, utilizando-se o modelo de equilíbrio geral computável GTAP (Global Trade Analysis Project). Impactos […]

Affonso José Santos – Barão Do Rio-Branco: Cadernos De Notas Vol. 6

Posted on Leave a commentPosted in Relações Internacionais

Com este sexto volume, completa-se a transcrição, editada e comentada, dos Cadernos de Notas do Barão do Rio-Branco, referentes aos quase seis anos, entre maio de 1895 a abril de 1901, período decisivo para a solução de questão de fronteiras entre o Brasil e a Guiana francesa, questão essa que havia resistido a diversas tentativas […]

Francisco Doratioto – Relações Brasil-Paraguai

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, História, Relações Internacionais

Relações Brasil-Paraguai: afastamento, tensões e reaproximação (1889-1954) é um bom livro que analisa tema inédito, tendo como fonte principal a documentação diplomática brasileira. Francisco Doratioto também utiliza vasta e atualizada bibliografia para mostrar as conexões dessa relação bilateral com as realidades interna brasileira e paraguaia e, ainda, com o subsistema platino de relações internacionais.

Ligia Maria Scherer & Outros (Orgs.) – Brasil-Líbano

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, História, Relações Internacionais

Brasil-Líbano: Legado E Futuro reúne artigos que expõem perspectivas e opiniões sobre as relações entre os dois países. “Os autores apresentam, a partir de ângulos próprios, informações sobre o passado e, também, olhares prospectivos, que assinalam oportunidades ainda contidas nas relações brasileiro-libanesas”, nas palavras do presidente da República, Michel Temer, em sua apresentação da obra.

Alberto Montoya Correa Palacios Junior – As Teorias Das Guerras Preventivas E As Relações Internacionais

Posted on Leave a commentPosted in Relações Internacionais

A incorporação do conceito da estratégia preemptiva ao documento de Estratégia de Segurança Nacional dos Estados Unidos em 2002 e a suposta aplicação dessa estratégia na Guerra do Iraque em 2003 fizeram com que os debates teóricos sobre guerras preventivas e preemptivas fossem reabertos. Em termos gerais, as guerras preventivas podem ser entendidas como o […]

Fernanda Mello Sant’Anna – Governança Multiescalar Dos Recursos Hídricos Transfronteiriços Na Amazônia

Posted on Leave a commentPosted in Ecologia, Geografia, Relações Internacionais

A Amazônia ocupa quase a metade da América do Sul e pode ser identificada como uma região que abarca um mesmo domínio morfoclimático, como uma bacia hidrográfica, ou pela definição político-administrativa dos Estados. A Bacia do rio Amazonas é compartilhada por sete países (Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Peru e Venezuela), ao passo que o […]