D. W. Hamlyn – Uma História Da Filosofia Ocidental

Posted on Leave a commentPosted in Filosofia, História

Uma História Da Filosofia Ocidental – Uma história dos grandes pensadores filosóficos, desde os pré-socráticos até as principais correntes da filosofia contemporânea, e suas respostas aos profundos problemas envolvidos na tentativa de entender o mundo e nosso lugar nele.
A história deve estimular a reflexão filosófica e não ser apenas uma exposição cronológica de pensadores e suas obras. Hamlyn reconstrói os argumentos centrais dos filósofos e apresenta os principais aspectos da contribuição de várias correntes filosóficas. (mais…)

Eduardo Roberto Jordão Knack & Outros (Orgs.) – Memória E Patrimônio

Posted on Leave a commentPosted in Artes, Ciências Sociais, História, Museologia

Memória E Patrimônio: Temas E Debates – O presente livro resulta dos temas, debates e discussões desenvolvidas durante o Colóquio Internacional Memória e Patrimônio, realizado entre os dias 09, 10 e 11 de outubro de 2017 nas dependências do Museu do Doce-UFPel, em Pelotas, Rio Grande do Sul. Além das comunicações apresentadas pelos participantes, também constam palestras conferidas durante as mesas redondas, trabalhos que possuem íntima relação com a temática do livro. (mais…)

Yves Lacoste – Geografia Do Subdesenvolvimento

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, Geografia, História

Geografia Do Subdesenvolvimento – Que seria uma geografia do subdesenvolvimento? Muitos pensarão à primeira vista que se trata de um estudo enumerativo, descritivo e diferencial dos países subdesenvolvidos. Tal estudo não seria mais que um resumo dos dez volumes desta coleção que tratarão da América, dos países subdesenvolvidos da Ásia, da América Latina. Seu interesse e sua utilidade seriam bastante limitados. O autor quis, ao contrário, fazer um prefácio ao estudo do subdesenvolvimento nas diferentes formas em que se apresenta no mundo. (mais…)

Everardo Rocha – O Que É Mito

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Filosofia, História

O Que É Mito – O mito é uma narrativa. É um discurso, uma fala. É uma forma de as sociedades espelharem suas contradições, exprimirem seus paradoxos, dúvidas e inquietações. Pode ser visto como uma possibilidade de se refletir sobre a existência, o cosmos, as situações de “estar no mundo” ou as relações sociais.
Mas, o mito é também um fenômeno de difícil definição. (mais…)

Biblioteca Digital Mundial

Posted on Leave a commentPosted in Biblioteconomia, Ciências Sociais, Filosofia, História

A Biblioteca Digital Mundial disponibiliza na Internet, gratuitamente e em formato multilíngue, importantes fontes provenientes de países e culturas de todo o mundo.
Os principais objetivos da Biblioteca Digital Mundial são:
– Promover a compreensão internacional e intercultural;
– Expandir o volume e a variedade de conteúdo cultural na Internet;
– Fornecer recursos para educadores, acadêmicos e o público em geral;
– Desenvolver capacidades em instituições parceiras, a fim de reduzir a lacuna digital dentro dos e entre os países.

(mais…)

Roberto De Mattei – O Concílio Vaticano II: Uma História Nunca Escrita

Posted on Leave a commentPosted in Filosofia, História, Religião

O Concílio Vaticano II: Uma História Nunca Escrita – O Concílio Ecumênico Vaticano II, o 21º da História da Igreja, foi inaugurado em 1962 pelo Papa João XXIII e encerrado por Paulo VI, em 1965. Apesar das expectativas e esperanças de muitos, a época subsequente não representou para a Igreja uma ‘Primavera’ ou um ‘Pentecostes’, mas um período de crises e dificuldades, especialmente nos âmbitos doutrinário e litúrgico. Abriu-se, então, uma viva discussão hermenêutica da qual participou, como cardeal e, depois, como Papa, Bento XVI. (mais…)

Roberto Pompeu De Toledo – A Capital Da Vertigem

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

A Capital Da Vertigem – Após reconstituir em A Capital Da Solidão a história de São Paulo das origens a 1900, o jornalista Roberto Pompeu de Toledo narra em A Capital Da Vertigem sua arrancada rumo à modernidade. Eis uma cidade que deixa a condição de vila e se torna a maior metrópole do país. É a capital da vertigem: vertigem artística, industrial, demográfica, social e urbanística. (mais…)

Luciano Canfora – A Biblioteca Desaparecida

Posted on Leave a commentPosted in Biblioteconomia, História

A Biblioteca Desaparecida: Histórias Da Biblioteca De Alexandria – Para narrar a história dessa imensa coleção de livros, Luciano Canfora retoma uma antiga técnica dos bibliotecários de Ptolomeu: a montagem e a reescritura das fontes, fundidas numa prosa aparentemente romanceada, mas na realidade baseada, quase frase por frase, em textos antigos. A história da maior biblioteca do mundo se confunde assim com a história dos livros que acumulou e dos livros que a descreveram, como uma última crônica de um erudito bibliotecário de Alexandria. (mais…)

Demetrio Magnoli – A Vida Louca Dos Revolucionários

Posted on Leave a commentPosted in Biografia, Ciências Sociais, História

A Vida Louca dos Revolucionários – Demétrio Magnoli faz um recorte no tema contando as histórias de homens e mulheres que viveram da forma mais radical o que entendiam como ruptura com o passado e a tradição.
A Revolução, assim com maiúscula, é uma obsessão do século XX, com raízes fincadas na França de 1789. Mudar radicalmente a sociedade, o mundo, a vida, engendrando um tempo em tudo diferente do presente – eis a ideia revolucionária. (mais…)

Burgo Partridge – História Das Orgias

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, História, Psicologia

História Das Orgias – Neste livro, publicado na Inglaterra em 1958, Burgo Patridge narra as transformações por que passou a orgia ao longo da história. Em História Das Orgias, o autor analisa desde os festivais dionisíacos dos gregos, a brutalidade dos romanos, o sexo grupal praticado por religiosos na Idade Média, a repressão da época vitoriana, os tempos de Casanova e do marquês de Sade até as práticas do século XX.
A orgia é a válvula de escape de uma pressão como a do vapor de água; é a expulsão de histeria acumulada pela abstinência e a autocontenção e, assim sendo, tende igualmente a partilhar dessa natureza de fenômeno histeróide ou catártico. (mais…)

Silvia Federici – Calibã E A Bruxa

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, História

Calibã E A Bruxa: Mulheres, Corpo, E Acumulação Primitiva – A autora, que atualmente leciona na Universidade de Hofstra, em Nova York, é uma das mais importantes teóricas do feminismo na atualidade, e em sua extensa pesquisa analisa, entre outros aspectos, o trabalho assalariado a partir de uma perspectiva de gênero.
Nascida em Parma, na Itália, em 1942, vive nos Estados Unidos desde os anos 1960, onde participou ativamente do movimento contra a guerra e ajudou a fundar o Coletivo Feminista Internacional, que impulsionou a Campanha por um Salário para o Trabalho Doméstico. (mais…)

Adelmir Fiabani – Mato, Palhoça E Pilão

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, História

Mato, Palhoça E Pilão: O Quilombo, Da Escravidão Às Comunidades Remanescentes (1532-2004) – No início dos anos de 1500, viviam no litoral brasílico em torno de 600 mil americanos, sobretudo aldeões de língua tupi-guarani.
Os colonizadores lusitanos ocuparam as terras litorâneas; eliminaram, escravizaram ou assimilaram as populações nativas; impuseram economia escravista e latifundiária voltada à produção de mercadorias.
Por três séculos e meio, a produção escravista colonial regeu a sociedade colonial e imperial brasileira, impondo duríssimas condições de existência aos trabalhadores escravizados, primeiro, americanos, a seguir africanos e afrodescendentes. (mais…)

Mark A. Gabriel – Jesus E Maomé

Posted on Leave a commentPosted in História, Religião

Jesus E Maomé Diferenças Profundas E Semelhanças Surpreendentes – Inquestionavelmente, Jesus e Maomé são as duas pessoas mais influentes que jamais existiram. Hoje, podemos ver a sua influência nas duas maiores religiões do mundo: o Cristianismo, com mais de dois bilhões de seguidores, e o Islã, com 1,3 bilhões.
Um grande abismo interpõe-se entre estes dois grupos. Muitos Cristãos reconhecem terem muito pouco conhecimento do que Maomé fez e ensinou. Por outro lado, os Muçulmanos acreditam que compreendem quem Jesus era e o que ensinou, mas as suas crenças entram em conflito com os ensinos do Novo Testamento. (mais…)

Tadeu Breda – Entre Idas & Vindas

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, História

Entre Idas & Vindas: Novas Dinâmicas De Migração Para O Trabalho Escravo – Conduzida em cinquenta comunidades de vinte municípios do Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins, a nova pesquisa do Programa RAICE (Comissão Pastoral da Terra–CPT, e Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos Carmen Bascaran – CDVDH – CB) sintetizada neste livro mostra a realidade das famílias de trabalhadores migrantes em distintos tipos de comunidades: de pontas de ruas a acampamentos de luta pela terra, de quilombos a atingidos por grandes projetos agropecuários. (mais…)

Juliana Sada & Rodrigo Valente – De Volta Para O Passado?

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, História

De Volta Para O Passado? – Decreto de regulamentação da nova Lei de Migração ameaça conquistas e remete a histórico de violências, arbitrariedades e expulsões de estrangeiros. No momento em que direitos de migrantes voltam a ser debatidos, levantamento resgata histórias de perseguições ocorridas entre 1930 e 1945 durante a Era Vargas. (mais…)

Lucien Febvre & Henri-Jean Martin – O Aparecimento Do Livro

Posted on Leave a commentPosted in História

O Aparecimento Do Livro – Febvre e Martin levantam os seguintes problemas: A que necessidades o livro veio satisfazer? Que tarefas cumpriu? A que causas serviu ou prejudicou? As respostas são cuidadosamente inseridas nos seus contextos sociais e culturais. Mostram como o livro desempenhou papel fundamental na veiculação das ideias durante o Renascimento, a Revolução Científica, a Reforma e a Revolução Francesa, e como esse avanço se refletiu em suas próprias condições de produção, saindo dos pequenos ateliês e se transformando em uma grande indústria. (mais…)

Roberto Pompeu De Toledo – A Capital Da Solidão

Posted on Leave a commentPosted in História

A Capital Da Solidão reconstitui a história de São Paulo das origens a 1900. Numa narrativa envolvente e reveladora, o leitor é convidado, capítulo a capítulo, a conhecer momentos cruciais da trajetória da cidade que, por mais de uma ocasião, esteve ameaçada de penosos retrocessos, senão de extinção, por motivo do abandono dos moradores, da precariedade de recursos e do que por vezes pareceu uma irremediável falta de futuro. (mais…)

Andrew Robinson – Escrita: Uma Breve Introdução

Posted on Leave a commentPosted in História, Letras

Escrita: Uma Breve Introdução – A civilização não pode existir sem a língua falada, mas pode sem a comunicação escrita. A poesia grega de Homero foi primeiro transmitida de forma oral, guardada na memória, assim como os Vedas, os hinos dos antigos hindus, que durante muitos séculos não foram registrados por escrito. O império sul-americano dos incas conseguia ser administrado sem escrita. (mais…)

Antônio Pereira Sousa – Tensões De Tempo

Posted on Leave a commentPosted in História, Literatura

Tensões De Tempo: A Saga Do cacau Na Ficção De Jorge Amado – A linha de tese defendida é claramente atual, assim como é também indiscutível a proximidade História x Literatura, conquanto próprios sua natureza, seus objetivos e seu código. Daí, a nosso ver, vem o acerto dos novos postulados teóricos que, ao invés de aprofundar diferenças, estabelecem cruzamentos nas diferenças. (mais…)

Robert C. Allen – História Econômica Global

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

História Econômica Global: Uma Breve Introdução – Por que razão existem países ricos e países pobres — e, ainda, os chamados países em desenvolvimento? Não existem dados muito sólidos sobre as rendas no passado distante, mas, ao que parece, em 1500 não havia grandes diferenças de prosperidade entre os países. A atual divisão entre ricos e pobres surgiu, em larga medida, depois que Vasco da Gama foi até a Índia e Colombo descobriu as Américas. (mais…)