Cândido Rodrigues & Outros (Orgs.) – Política E Cultura No Catolicismo Contemporâneo
A coletânea Política E Cultura No Catolicismo Contemporâneo reúne trabalhos voltados para pensar expressões do catolicismo em temporalidades e espacialidades do Brasil do século XX, exceção feita ao capítulo referente à Argentina.
No seu conjunto os seis capítulos procuram revelar, em si, as singularidades e as inter-relações das variadas expressões do catolicismo nos campos da cultura e da política por meio de temáticas concernentes à modernidade, tradição, culto, personalidades religiosas e também meio de comunicação.
A obra insere-se nos esforços da Rede de Pesquisa História e Catolicismo no Mundo Contemporâneo (RHC) em reunir e em divulgar os avanços de produções de pesquisadores nacionais e estrangeiros, a exemplo de outras como Catolicismo e sociabilidade intelectual católica no Brasil e na Argentina (2013), Manifestações do pensamento católico na América do Sul (2015) e Olhares sobre os catolicismos nos Centro-Oeste, Nordeste e Norte do Brasil (2016).
A coletânea inicia com um texto de Rodrigo Marcos de Jesus. O autor discorre acerca das relações entre o cristianismo e a modernidade a partir da obra A crise do mundo moderno (1941) do jesuíta Leonel Franca.
Nas interpretações de Rodrigo Marcos de Jesus vemos a análise do antimodernismo católico de Franca desvelado em suas bases teológicas e argumentativas. A perspectiva de análise do catolicismo conservador segue no texto de Patrícia Carla de Melo Martins que enceta reflexões acerca da perspectiva da história como mestra da vida que evidencia-se na defesa da manutenção de preceitos, práticas e valores.
O olhar da autora volta-se para o século XIX, quando da mudança do mundo moderno ao contemporâneo, a partir do Seminário Episcopal de São Paulo e da formação de matiz conservadora emanada deste espaço de ensino.
Martín Omar Castro, por sua vez, traz reflexões e análises acerca do periódico católico El Pueblo, de Buenos Aires, especificamente entre 1918 e 1930. Os editores do periódico, como ressalta o autor, destacaram-se pela modernização tecnológica e das inovações editoriais, embora mantendo o caráter prosélito e a defesa da recristianização da sociedade argentina.

 

Camisa Mosaico

Deixe uma resposta