Sobrevivendo Nas Redes: Guia Do Cidadão – Sem compromisso com correntes partidárias, este guia descreve como funcionam as ferramentas digitais que utilizamos no dia a dia para nos informarmos e posicionarmos politicamente nas redes sociais. Ele visa contribuir para o fortalecimento da cultura cívica no Brasil e se destina a todos os cidadãos. Baseia-se na convicção de que, para manter e aprimorar a democracia, é essencial desenvolver a capacidade de interagir de maneira crítica e responsável com as informações que circulam na Internet.
A Internet se transformou em nosso principal meio de comunicação e informação. Ela está presente em praticamente todas as atividades na vida privada, no trabalho, no lazer, nas compras, nas transações financeiras. Sua múltipla riqueza era inimaginável poucas décadas atrás. A quantidade e a diversidade de informação que podemos acessar e compartilhar de maneira instantânea, a facilidade com que nos coloca em contato com pessoas e nos possibilita postar mensagens e opiniões produziram uma nova forma de nos comunicarmos e organizarmos a informação.
Essas transformações revolucionárias também trouxeram riscos de todos os tipos e, com eles, novos desafios. A partir do avanço da inclusão digital, disseminaram-se novas formas de assédio pessoal e abuso de crianças e adolescentes, e a privacidade dos indivíduos fica cada vez mais em xeque. A Internet tornou-se palco de cibercrimes, de práticas de censura de conteúdo em massa e de vigilância e espionagem ilegais realizadas por Estados nacionais. Suas ferramentas passaram a ser usadas por grupos que promovem violações de direitos humanos e exploram a fragilidade de serviços e infraestruturas públicos, inclusive ataques cibernéticos a sistemas militares.
Este texto se concentra em um risco particular: os possíveis efeitos nocivos da Internet no espaço público virtual, que podem afetar a qualidade da comunicação e do debate político.

Faça uma doação para a Biblioteca Livr’Andante

e ganhe esta camisa ou escolha outros dos

nossos brindes.

Deixe uma resposta