Anelise R. Corseuil & Outros (Orgs.) – Cinema E América Latina: Estética E Culturalidade
Os capítulos publicados neste livro são o resultado dos trabalhos apresentados no Seminário Temático Cinema e América Latina: hibridismos, debates estético–historiográficos e culturais, ocorrido nos Encontros Internacionais da SOCINE a partir de 2013, cujo objetivo principal foi discutir a produção audiovisual na América Latina, considerando suas especificidades, hibridismos e paralelismos.
Os ensaios analisam a totalidade do fenômeno audiovisual, a saber, produção, exibição e recepção, buscando estabelecer um campo de reflexões sobre o audiovisual e o continente latino-americano e suas relações com países vizinhos.
Para esse intuito, lançamos mão de análises sobre aspectos culturais, estéticos, políticos, históricos, sociais, institucionais e tecnológicos.
A partir dos anos 1960, com a irrupção do Nuevo Cine Latinoamericano (NCL), o cinema da América Latina chamou a atenção internacional, estabelecendo um diálogo com a crítica e a teoria estrangeiras ao buscar se auto definir, ou seja, compreender as suas singularidades estéticas e ideológicas, a partir sobretudo de contraposições às produções estrangeiras ou regionais anteriores ao NCL.
Portanto, ao se tornar um marco referencial nas discussões sobre cinema e América Latina, o NCL sofre o risco de “monumentalização”, convertendo-se no código pelo qual tudo o que deve ser entendido por “cinema latino-americano” deve ser interpretado.
Frisamos que a maior vítima desse impulso “monumentalizador” é o próprio NCL, uma vez que se apagam, desse modo, as suas nuances e contradições, inerentes a qualquer processo artístico.
Portanto, o propósito do reunir pesquisas sobre o Audiovisual e a América Latina objetivou estabelecer um campo de reflexões sobre o tema seguindo o esteio da revisão historiográfica. Por isso, a necessidade de um procedimento interdisciplinar ao estabelecer novos recortes e vieses de estudo.
Assim, o presente livro visa divulgar o trabalho de pesquisadores preocupados em propor outros métodos teórico-metodológicos na abordagem sobre a cultura e o fenômeno audiovisual na América Latina.
Entre as nossas preocupações está estabelecer outras propostas de estudos sobre movimentos estéticos consolidados na historiografia; analisar filmes e realizadores subestimados pela crítica e historiografia e pelos estudos acadêmicos; acampar estudos em áreas tradicionalmente não abordadas, como a recepção e a preservação; debates sobre a produção e a recepção da produção contemporânea e propor estudos que interrelacionem o audiovisual brasileiro com o restante da América Latina, visando inserir as preocupações em torno do cinema brasileiro com as cinematografias vizinhas.

 

Camisa Vendo Mais Longe

Deixe uma resposta