ada

O livro ‘A riqueza das nações’, editado pela primeira vez em Londres, 1776, é um clássico de relevante interesse histórico no pensamento econômico. Trata-se, na verdade, de uma obra considerada por especialistas como ‘uma das grandes construções intelectuais da história moderna’. Idéias fundamentais, como a da divisão do trabalho ou a da organização natural da vida econômica, foram particularmente aprofundadas por Adam Smith, tornando-se, depois, tão correntes que dispensam já a referência ao nome desse economista e ao papel que ele teve na sua formação.

pdf

Deixe uma resposta