Luiz Bolognesi – Chega De Saudade
Depois do sucesso de O Bicho de Sete Cabeças, de 2001, Láis Bodansky retorna com o mesmo roteirista e parceiro Luiz Bolognesi em: Chega De Saudade (2007).
Chega De Saudade se passa num salão de baile, tendo uma única unidade de tempo e espaço. Conta a história de um grupo de meia-idade, que se reúne semanalmente num clube de dança no bairro paulistano da Lapa.
Lá, se divertem ao som de uma orquestra, da qual faz parte um par de crooners (um deles é Elza Soares). A sonoplastia é controlada por um jovem(Paulinho Vilhena), que leva sua namorada (Maria Flor) para conhecer o baile. A garota quebra a rotina do lugar, provocando ciúme, quando cortejada por um assíduo frequentador (Stepan Nercessian).
Chega de Saudade tem fotografia de Walter Carvalho. Da elaboração do roteiro, participaram Roberto Gervitz, Adriana Falcão, Nando Bolognesi, Bráulio Mantovani, Sérgio Penna, Silvana Matteusi.
O trabalho de pesquisa é de Ricardo Kauffman, Daniela Smith e Chris Riera.
Premiado como melhor roteiro, direção e escolha do público no Festival de Brasília, Chega De Saudade tem no elenco: Tonia Carrero, Clarisse Abujamra, Betty Faria, Miriam Mehler, Leonardo Villar, Cássia Kiss, Marly Marley, entre outros.
“Sempre gostei de dançar. Sou de uma geração que recuperou o gosto pelos bailes. Peguei uma boa fase onde se dançava brega e forró. Frequentei muitas casas em que a gente dançava ao som ao vivo de pequenas bandas.
Jamais vou esquecer o Panelinha Baiana, onde os garçons que trabalham na Vila Madalena iam dançar às segundas. Descobri esse mesmo frisson nos bailes tradicionais, com repertórios mais variados e bandas sofisticadas.
Antes mesmo do filme Chega De Saudade ser um projeto bem definido, uma coisa já era certa para mim: o meu segundo longa-metragem teria o salão de dança como personagem.
Mais do que uma locação, o salão União Fraterna, onde o filme foi rodado, em São Paulo, é personagem de Chega De Saudade.”

 

 

Camisa Abraço De Livro

Deixe uma resposta