Julia Kristeva – Meu Alfabeto: Ensaios De Literatura, Cultura E Psicanálise
Em um conjunto heterogêneo de textos, a autora questiona o sentido do tempo e da liberdade, apresentando análises de temas contemporâneos como o humanismo no século XXI, literatura, diversidade cultural, o papel político-social das mulheres, além de questões políticas e antropológicas colocadas pela globalização e pela hiperconexão.
Propõe também uma concepção renovada da cultura europeia em sua essência, sem ignorar problemas e tensões decorrentes da realidade socioeconômica atual.
Dona de um olhar multifacetado, a intelectual franco-búlgara Julia Kristeva transita em campos distintos do saber, como filosofia, psicanálise, semiótica, literatura e crítica literária.
Com textos selecionados a partir da coletânea Pulsions du temps, publicada na França em 2013, Meu Alfabeto traz uma amostra de seu pensamento irrequieto que avança igualmente sobre temas como a emancipação política das mulheres, o caráter do humanismo no século XXI e as tensões político-culturais entre o Ocidente e o Oriente, traduzidas nas relações entre a Europa e a China.
A este mundo, pautado pela intolerância, pela globalização e pela hiperconexão, contrapõe-se uma leitura inspirada no cultivo da liberdade, assim como do humanismo, capaz de preservar o indivíduo e dar voz aos que não são comumente ouvidos.
Ainda que se trate de uma visão que, sob a ótica da “tradição europeia, greco-judaico-cristã, […] continua a prometer, decepcionar e se transformar”, ela enseja uma mudança que se espera apta a dissipar a opressão do homem sobre o homem e que siga em busca de um futuro melhor.
Em Meu Alfabeto, por exemplo, texto que denomina e abre esta obra, a autora narra como a tradicional festa do Dia da Escrita e Cultura Eslavas, comemorado a cada 24 de maio em seu país de origem, permanece inspirando sua trajetória como escritora, artesã da palavra e, portanto, do bem e da beleza, atenta à essência da experiência humana e dos acontecimentos incontornáveis de seu tempo.

 

Camisa Coração

Deixe uma resposta