Discurso, Cultura E Mídia: Pesquisas Em Rede Vol. II – Reunir, em um único espaço físico, estudiosos do discurso de diferentes instituições, bem como grupos de pesquisa – com os mais variados objetos e com trabalhos em fases distintas da vida acadêmica – é um gesto que carrega um desafio ao mesmo tempo teórico e político, seja pela extensão geográfica de nosso país, seja pela heterogeneidade dos objetos analíticos.
Um gesto que certamente significa, tendo em vista os embates políticos e econômicos que enfrentam hoje os pesquisadores brasileiros.
É nesse cenário que o III Seminário Discurso, Cultura E Mídia: Pesquisas Em Rede organizou-se em torno de seis temáticas norteadoras: 1) Discurso, Interpretação e Materialidade; 2) Discurso, Mídia e Memória; 3) Discurso, Arquivo e Tecnologia; 4) Discurso, Corpo e Equívoco; 5) Discurso, Cultura e Política e 6) Discurso, Escola e Leitura.
Para tanto, o evento contou com congressistas que representaram cerca de 40 grupos de pesquisa de diferentes regiões e, também, de variadas fases de estudo, comportando desde pesquisadores com trabalhos já consolidados até alunos de Iniciação Científica.
Nesse contexto, o segundo volume de Discurso, Cultura E Mídia: Pesquisas Em Rede reúne textos que são representativos desse investimento da equipe interinstitucional organizadora do evento (Unisul/Unicamp) em construir gestos de escuta aos diálogos estabelecidos por simposistas e painelistas que, embora partam de temáticas e objetos próprios, têm em comum o fato de visibilizarem que a análise discursiva está fortemente em contraste com as práticas higienizadoras e com o momento político em que vivemos – um contraste que percebemos nas reflexões que buscam pensar o equívoco, a falha e o resto enquanto regularidades das discussões que realizam sobre o corpo, a mídia, a política, a cultura, a arte e a escola. São diferentes olhares e diferentes modos de filiação teórica e institucionais em um esforço de compreensão das relações de reprodução e de transformação nas distintas práticas discursivas de nossa sociedade.
Discurso, Cultura E Mídia é, portanto, uma das possibilidades de demonstrar que trabalhar em rede pode ser uma prática possível, com ênfase não em sujeitos empíricos, mas em posições e vozes de pesquisa. Assim, por meio de escritos e dizeres de indivíduos singulares, estes capítulos abrem a escuta para grupos, coletivos e posições de pesquisa.
Um trabalho em rede!

Baixe o Vol. I aqui.

Camisa Vendo Mais Longe

Deixe uma resposta