José Ortega Y Gasset – A Rebelião Das Massas

Posted on Posted in Ciências Sociais, Filosofia

A Rebelião Das Massas é um ensaio filosófico brilhante, um dos livros mais importantes do século XX. A esta altura, 85 anos depois do seu lançamento, A Rebelião Das Massas já foi reeditado e traduzido inúmeras vezes e para dezenas de línguas.
O autor coloca em questão os conceitos de homem-massa, razão histórica e governo mundial. Para o público brasileiro, o ensaio de Ortega y Gasset, acidentalmente político, mas essencialmente filosófico, talvez tenha mais a dizer hoje do que em qualquer outro período da história nacional.
Ortega y Gasset entende o conhecimento filosófico como uma reflexão sobre a própria vida, como um diálogo com o entorno, com base na circunstância concreta em que cada homem se encontra imerso. O instrumento dessa reflexão é a razão, mas não a razão abstrata que a ciência utiliza, e, sim, a “razão vital” ou “razão histórica”.
Para o autor, o homem não pode se colocar no lugar de espectador da própria vida. Ao contrário, o protagonista do drama não está fora dele, nem antes dele: é a representação do drama. A identidade do homem tem como conteúdo seu próprio projeto, ou seja, o papel que decide representar no drama de sua existência – drama que, por sua vez, consiste e se esgota no argumento. O argumento e somente o argumento é a substância da vida…
Entre suas obras mais conhecidas A Rebelião Das Massas, publicada em 1930, é uma das mais relevantes, e, também, uma ótima oportunidade para conhecer melhor o pensamento de Ortega y Gasset.
Existem duas razões para A Rebelião Das Massas despertar a admiração do leitor de hoje. Primeiro pela capacidade de análise e visão do futuro; antecipou na década de 30, com a Europa à beira da guerra total, que um dia ela estaria unida em uma entidade supra-nacional. Em segundo lugar, pela atualidade de seu texto: o retrato que faz do mundo de sua época é o mesmo dos dias de hoje, o que mostra que estamos com os mesmos dilemas. Tirando algumas citações históricas, é difícil afirmar que não foi escrito no ano que passou.

Camisa Livr’Andante

Deixe uma resposta