Debora Ricci & Outros (Orgs.) – Feminino Plural

Posted on Posted in Literatura, Livros Em Italiano, Poesia

Feminino Plural: Literatura, Língua E Linguagem Nos Contextos Italiano E Lusófono – A relação entre as mulheres e o feminino no âmbito da língua portuguesa e da língua italiana provocou a promoção de vários encontros, jornadas e debates, que se desdobrou, por sua vez, na colaboração de vários investigadores para compor este livro que agora vem a lume.
Há alguns anos, surgiu um projeto que, sediado no Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, tinha o objetivo de promover uma reflexão em torno da produção literária de autoras lusófonas e italianas, tendo como modelos as figuras e as obras de Florbela Espanca e de Ada Negri. Nosso intuito é organizar uma edição bilingue que contemple as obras destas autoras – projeto esse que já se encontra em curso.
Feminino Plural está dividido em cinco partes (Contribuição Especial, Portugal, Itália, Brasil e África e, por fim, Estudos Comparados, demonstrando as suas interlocuções), contendo cerca de 42 artigos no total, elaborados por investigadores de vários países e nacionalidades.
Recordemos que repensar e analisar a produção literária das mulheres é, ainda hoje em dia, pelo menos no contexto lusófono e italiano, questionar o cânone, denunciar a opressão exercida sobre as mulheres e sobre a sua produção escrita e até as próprias imposições de uma linguagem misógina. É exatamente essa uma das motivações e um dos pontos de discussão que nos levou a elaborar esta obra.
Por fim, ressaltamos que o texto de abertura é assinado pela galardoada investigadora e Professora Doutora Rita Marnoto, da Faculdade de Letras e do Colégio das Artes da Universidade de Coimbra, que nos apresenta um artigo intitulado “O feminino no diálogo luso-italiano”. Assinala a estudiosa que as relações entre Portugal e Itália são um território de fronteira com confins vastíssimos e em grande parte inexplorados, não havendo dúvida de que a investigação acerca do papel que as mulheres nele desempenham assume uma função capital para a (re)configuração do seu estudo. Marnoto parte da reflexão que nas últimas décadas tem vindo a ser realizada sobre a interpretação de práticas e conceptualizações sob o ponto de vista do feminino, seguida pela crítica feminista, buscando mapear uma releitura das relações entre Portugal e Itália.

Camisa Bicicleta

Deixe uma resposta