Gustavo Corrêa Matta & Júlio César França Lima (Orgs.) – Estado, Sociedade E Formação Profissional Em Saúde

Posted on Posted in Administração, Ciências Sociais, Educação, Engenharia, Medicina, Saúde

Estado, Sociedade E Formação Profissional Em Saúde: Contradições E Desafios Em 20 Anos De SUS – Este livro foi elaborado especialmente como parte das comemorações dos vinte anos de inscrição do Sistema Único de Saúde (SUS) na Constituição brasileira de 1988. Seu objetivo é atualizar o debate em torno da Reforma Sanitária brasileira, buscando contribuir para a formulação de políticas de educação profissional em saúde consoantes com uma perspectiva emancipatória de educação dos trabalhadores, especialmente dos técnicos da saúde.
No processo de construção do SUS, a temática da formação dos trabalhadores técnicos da saúde tornou-se uma preocupação crescente, alvo de ações públicas em face da escassez e má distribuição entre os estados brasileiros, mas principalmente por causa do grande contingente de trabalhadores com precária ou nenhuma formação profissional.
O intenso processo de municipalização dos serviços de saúde que se inicia com as Ações Integradas de Saúde (AISs), em 1983, se aprofunda com a criação do Sistema Único e Descentralizado de Saúde (Suds), em 1987, e se consolida nos anos 1990 coloca, para as forças políticas que se reúnem em torno do projeto da Reforma Sanitária, novos desafios no que diz respeito ao perfil do trabalhador necessário para viabilizar a premissa estabelecida constitucionalmente de que a saúde é um direito de todos e dever do Estado, baseada nos princípios de universalidade, equidade e integralidade.
No contexto de uma democracia restrita e socialmente regressiva que se verifica no país ao longo da década de 1990, na qual tiveram peso importante o discurso neoliberal de um único caminho para a superação da crise dos anos 1980 e o sentimento difuso de ‘emergência econômica’, estes vinte anos são marcados também por disputas de projetos na sociedade no que diz respeito, particularmente a estas duas práticas sociais – saúde e educação.
Para aprofundar e atualizar esse debate, Estado, Sociedade E Formação Profissional Em Saúde, na forma de coletânea, procura identificar as mudanças e contradições que se operam no interior do Estado, na sociedade civil brasileira e no âmbito dessas práticas sociais ao longo deste período. Estão reunidas aqui ideias de dez especialistas de expressão nacional e internacional, organizadas em torno de cinco eixos temáticos – Estado, Políticas Sociais e Saúde; Saúde e Sociedade; Democracia, Participação e Gestão em Saúde; Trabalho e Trabalho em Saúde; e Relação Trabalho e Educação na Saúde; buscamos, assim, cumprir a função de subsidiar as discussões de uma proposta político-pedagógica na perspectiva emancipatória dos trabalhadores técnicos da saúde.

   

 

 

Camisa “E Viva A Diferença!”

Deixe uma resposta