José Carlos Zanelli & Outros – Psicologia, Organizações E Trabalho No Brasil

Posted on Posted in Administração, Economia, Psicologia

Psicologia, Organizações E Trabalho No Brasil – Quando do lançamento de sua primeira edição, Psicologia, Organizações E Trabalho No Brasil representou um marco no ensino das disciplinas que se encontram na interface entre a psicologia e outras áreas vinculadas às organizações e ao trabalho.
Esta edição mantém a característica fundamental de Psicologia, Organizações E Trabalho No Brasil: apresentar os principais temas da área sob a perspectiva de destacados pesquisadores brasileiros, com exemplos contextualizados no dia a dia das nossas organizações, trazendo ao leitor os principais conceitos e as perspectivas atuais em psicologia organizacional e do trabalho.
A primeira parte volta-se para a caracterização e discussão do contexto e de como ele se estrutura e muda ao longo da história. A compreensão do contexto (o macrossocial que denominamos mundo do trabalho e o organizacional propriamente dito) é fundamental para o exame dos processos que articulam indivíduos e grupos no trabalho.
A segunda parte toma como objeto os principais processos psicológicos que, singularizando os indivíduos, constituem o lastro que estrutura as interações sociais e, logo, a vida coletiva nas organizações. O foco nos processos em princípio considerados individuais (motivação, emoção, cognição e aprendizagem), ao contrário de uma esperada ruptura entre os níveis macro (contexto) e micro (indivíduos), mostra a estreita interdependência que existe entre fenômenos de diferentes níveis de complexidade. Exatamente por isso é que tal parte é encerrada com um capítulo especialmente voltado para a análise dos vínculos que unem indivíduos, trabalhos e organizações.
Na terceira parte, a atenção desloca-se para a compreensão de fenômenos que definem unidades coletivas, sejam os grupos, as equipes ou as organizações, e que são fundamentais para a adequada compreensão das tensões que cercam esses níveis da vida em coletividade. O exame dos processos de socialização e de constituição de grupos e equipes integra-se ao exame de dois fenômenos fundamentais para a dinâmica organizacional: a cultura e o poder.
A última parte está voltada para descrever como o conhecimento sistematizado nas partes anteriores pode ser traduzido em atuação profissional e como ele é produzido. Fecha-se o livro com dois capítulos voltados para uma reflexão mais aprofundada sobre o campo de atuação do psicólogo organizacional e do trabalho e sobre os processos envolvidos na produção de conhecimento na área.

Camisa Livr’Andante

Deixe uma resposta