Patrick Süskind – O Perfume

Posted on Posted in Filmes, Literatura Estrangeira

O Perfume conta a história de um homem que possui um olfato extraordinariamente apurado, que o permite uma percepção extremamente apurada do mundo, onde ele era capaz de orientar-se apenas pelos cheiros.
A história situa-se no século XVIII, em Paris, depois em Auvergne, em Montpellier, em Grasse e finalmente retorna a Paris. O protagonista, Jean-Baptiste Grenouille, veio ao mundo em meio a tripas de peixe atrás de uma banca de feira onde a mãe (algumas semanas depois executada por infanticídios) vendia peixe. Grenouille possui duas características excepcionais:
– ele não possui odor próprio, o que permite que ele passe totalmente despercebido aos outros, pois segundo o autor “o odor é a essência, e o que não tem essência não existe”. Durante a história, essa ausência de cheiro, da qual ele se dá conta quando adulto, será compensada pela criação de perfumes que Grenouille utiliza de acordo com as circunstâncias a fim de ser notado pelos outros.
– ele tem um olfato extremamente desenvolvido, o que lhe permite reconhecer os odores mais imperceptíveis. Conseguia cheirá–los a distâncias inacreditáveis e armazenava–os em sua memória, também excepcional. Esse olfato é sua principal característica, que lhe permite confeccionar perfumes de qualidade excepcional.
Durante a sua vida sofreu de vários acidentes e doenças. Foi vendido quando criança para trabalhar como aprendiz de curtidor de peles e posteriormente como aprendiz de perfumista, onde aprendeu as questões técnicas na criação de um perfume.
Já jovem, Grenouille encontra uma moça, com um perfume totalmente diferente de todos os milhares de perfumes que ele guardava na memória. Era um perfume doce e intocado, perfeito. Grenouille torna-se obcecado por apoderar-se desse odor e acaba por matá-la com as suas próprias mãos. Mas esta jovem é apenas a primeira das vítimas de Grenouille, que acaba por matar vinte e seis jovens mulheres no processo da criação do Perfume perfeito, acima de todos os outros.
No final da história, Grenouille retorna a sua cidade natal, Paris, após fugir de sua execução pelos assassinatos na cidade de Grasse, onde é devorado (propositalmente) por um grupo de prostitutas e ladrões, a escória de Paris, no Cemitério dos Inocentes.
A ação divide-se entre o mundo dos perfumes, traduzido pelo título O Perfume, que servem para encobrir o mundo dos fedores, dos crimes e da hipocrisia que caracterizam a cidade de Paris no século XVIII.

   

 

 

 

Faça uma doação para a Biblioteca Livr’Andante

e ganhe esta camisa ou escolha outros dos

nossos brindes.

 

 

Deixe uma resposta