A reunião de 29 textos pretende oferecer ao estudante de Teatro e ao leitor a utilização de um caleidoscópio para o qual têm como foco de análise o teatro em suas nuances e matizes.
Queremos evocar que no conjunto dos textos de modo a situar o teatro como um campo de conhecimento perspectivado pelas lutas e disputas paradigmáticas. No leitor, o efeito deve ser o de exercitar a reflexidade e a criatividade, sem perder o entusiasmo e a paixão pelo teatro.
De tempos em tempos surge a necessidade de nos embrenharmos no espesso bosque das ideias e práticas teatrais a fim de clarificar o lugar onde estamos e de vislumbrar o lugar para onde vamos.
Hoje, esse trânsito pelo bosque, essa espécie de passeio, constitui uma empreitada difícil em um labirinto cuja saída não é fácil de ser encontrada. Isto porque as espécies se misturam, os caminhos se entrecruzam e os pontos de referência se tornam obscuros.
O mundo do teatro, das ideias e das práticas, torna-se cada vez mais complexo e as classificações em eixos temáticos são essencialmente controvertidas.
Somos conscientes, portanto, dos riscos que uma leitura organizada, sob o domínio das classificações temáticas, poderia causar no enquadramento das questões postas pelo teatro. Ao invés disso, optamos por um desfile de textos e temas que pode orientar o leitor na livre escolha de onde se inicia e termina este livro.
O eixo norteador de nossa proposta para o leitor é contribuir com o debate sobre as múltiplas possibilidades de entendimento das teorias e práticas teatrais que se têm ampliado nos últimos tempos nos contextos nacional e internacional.
Desafiamos o leitor para a seguinte provocação: exercitar a crítica e a reconceptualização das tendências e perspectivas que atravessam os textos e temas aqui reunidos.
Os fios condutores que conectam o conjunto da obra têm como espaço de interseção a preocupação com o ensino de teatro e, mais diretamente, com a formação do professor de teatro no Brasil.
Portanto, diante da diversidade temática que a produção do conhecimento teatral está submetida, atualmente, cabe-nos como pesquisadores, professores e profissionais de teatro a tentativa de elaborar um mapeamento, pelo menos provisório, das principais linhas de pesquisa desenvolvidas pelos “atores acadêmicos” que atuam no espaço das universidades, investigando o fenômeno teatral.
Nessa perspectiva, a racionalidade construída na organização dos temas e textos aqui problematizados é a do tipo estético-expressiva – no sentido weberiano – , fazendo emergir a dimensão polifônica, dialógica e plural no intercruzamento das vozes que remetem ao leitor.
O princípio e o final desse itinerário assumem um sentido na medida em que desafiam, principalmente, o leitor em formação ao estabelecimento de uma profícua interlocução.

Faça uma doação para a Biblioteca Livr’Andante

e ganhe esta camisa ou escolha outros dos

nossos brindes.

Deixe uma resposta