Mikhail Bakunin – Textos Escolhidos

Neste livro, estão reunidos alguns textos que sintetizam a pensamento político de Mikhail Bakunin, teórico político do século XIX, considerado um dos pais do movimento anarquista.
Por meio desses escritos, é possível entender questões relevantes ao movimento operário durante o nascedouro da I Internacional, as suas divergências com Marx e Engels, que levariam a sua futura expulsão da organização.
Seus pensamentos em relação a formação, organização e o futuro do movimento operário, tão divergentes da visão comunista.
Embora escritos em pleno século XIX, alguns de seus posicionamentos, apresentam ainda uma grande contemporaneidade. Como as relações de poder e o papel do Estado em sua realidade. Em um momento em que se questiona a representatividade das atuais estruturas políticas e de representação.
Bakunin, mostra por meio do texto– A Ilusão do Sufrágio Universal – pontos que agora são percebidos por uma grande parcela da população mundial. Que por anos foi iludida com o modelo de democracia direta existente nos países ocidentais e suas eleições.

Mikhail Bakunin (1814-1876) foi um teórico político e destacado revolucionário russo, que teve importante papel para o desenvolvimento do anarquismo, na Europa Ocidental, do século XIX.
Para Mikhail Bakunin o estatismo é todo sistema que consiste em governar a sociedade de cima para baixo em nome de um pretendido direito teológico ou metafísico, divino ou científico, enquanto a anarquia é a organização livre e autônoma de todas as partes que compõem as comunas e a sua livre federação, fundada de baixo para cima.
A forma de socialismo concebida por Bakunin era conhecida como “anarquismo coletivista”, no qual os trabalhadores poderiam administrar diretamente os processos de produção por meio de suas próprias associações produtivas. Assim haveria modos igualitários de subsistência, fomento, educação e oportunidades para todos.
Fica então além do convite a leitura, a chamada para viagem no mundo de reflexão, através dos pensamentos deste teórico.

Deixe uma resposta