O Serviço De Psicologia Na Universidade tem como proposta fomentar uma discussão sobre as práticas desenvolvidas em serviços universitários de atendimento psicológico.
Os Serviços de Psicologia são espaços obrigatórios de formação nas graduações em Psicologia, constituídos com base na lei que regulamenta a formação deste profissional.
Configuram-se como serviços públicos de atendimento à comunidade, unindo ações de ensino, pesquisa e extensão.
A vinculação entre universidade e comunidade, através de um serviço psicológico, cumpre um objetivo formativo e político ao viabilizar ações profissionalizantes para os graduandos e possibilitar o acesso da comunidade ao atendimento psicológico.
Nesse contexto, a Psicologia se torna mais democrática, produzindo um saber que emerge em consonância com a realidade local, legitimando e provocando a aproximação entre prática e teoria.
É nesse contexto que o Serviço de Psicologia da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (SP-UFRB) busca se afirmar: há 11 anos o curso de Psicologia foi iniciado na UFRB e há 06 anos, desde 2011, o Serviço de Psicologia mantém suas atividades junto à comunidade interna e externa, empenhando-se no respeito à singularidade e à diversidade cultural, histórica e política de nossa população.
A ideia de realizar esta coletânea surgiu da necessidade de questionar as ações realizadas no SP-UFRB em sua relação com a formação em Psicologia, considerando a viabilidade, efetividade e os impasses das práticas desenvolvidas em um serviço que funciona como campo de estágio para estudantes e que oferta atendimento psicológico à comunidade.
Essa ideia inicial foi ampliada e modificada como resultado da interlocução com professores e supervisores de estágio de outras instituições de ensino superior que desenvolvem suas ações em contextos sociais, culturais e educacionais distintos.
Apesar dessa aparente diversidade, algumas das questões colocadas nos textos aqui reunidos se repetem, indicando uma semelhança no que se refere aos impasses para a efetivação de uma prática realizada por estudantes para a comunidade, sob a supervisão de docentes em um contexto universitário.
Nesse sentido, cabe continuamente considerar as práticas desenvolvidas nos Serviços de Psicologia em relação à oferta de oportunidades adequadas para a formação dos alunos e à qualidade do atendimento oferecido à população.

Deixe uma resposta