Jack Kerouac – Visões De Gerard

Escrito em 1956 e publicado em 1963, apenas seis anos antes da morte do autor, Visões de Gerard é um tocante e delicado relato sobre a vida, sua brevidade e o tênue fio que a mantém.
Em uma prosa que mescla memórias, ilusões, devaneios e até mesmo poesia, Jack Kerouac recorda os anos de sua primeira infância na cidadezinha de Lowell, no estado norte-americano de Massachusetts, onde, aos quatro anos, convive com a grave enfermidade que em breve será responsável pela morte de seu irmão mais velho, Gerard, de apenas nove.
A pouca idade, entretanto, não é empecilho para que o menino seja visto não apenas pelo irmão mais novo, mas por todos na cidade, como um pequeno santo.
Gerard é puro e doce, vê beleza e encanto em todas as criaturas e destila sua inocência e bondade em lições de humanidade para o pequeno Ti Jean, como Jack Kerouac era chamado em família.
Dessa convivência, o autor beat extrai momentos de sublime beleza e de sutil irrealidade, como quando descreve o sonho de Gerard com Nossa Senhora enquanto pega no sono na sala de aula, ou quando narra a dor e a altivez dos próprios pais ao lidar com o sofrimento causado pela morte iminente do filho.
Precária e frágil, porém vasta e profunda é a vida que emerge das páginas de Visões de Gerard, um relato ao mesmo tempo triste, poético e arrebatador sobre o mistério da existência humana.

Jack Kerouac nasceu em Lowell, Massachusetts, em 12 de março de 1922; era o mais novo de três filhos de uma família de origem franco-canadense. Começou a aprender inglês apenas aos seis anos de idade, estudou em escolas católicas e públicas locais e, como jogava futebol americano muito bem, ganhou uma bolsa para a Universidade de Columbia, em Nova York.
Nesta cidade conheceu Neal Cassady, Allen Ginsberg e William S. Burroughs. Largou a faculdade no segundo ano, depois de brigar com o técnico de futebol, foi morar com uma ex-namorada, Edie Parker, e juntou-se à Marinha Mercante em 1942 – dando início às jornadas infindáveis que se estenderiam por boa parte de sua vida.

Deixe uma resposta