Joel Levy – Só Freud Explica

Posted on Posted in Psicologia

Se um homem fantasiado de gorila entrasse em seu campo de visão, será que você o notaria? Por incrível que pareça, as pessoas têm mais ou menos 50% de chance de não reparar no gorila se estiverem concentradas em outra coisa.
Esse é o fenômeno do “gorila invisível”, também conhecido como “cegueira por desatenção”. E é apenas uma das mais de 50 intrigantes joias da psicologia explicadas neste livro.
Por exemplo, você sabia que Freud era viciado em cocaína, confessou jamais ter entendido as mulheres, nunca disse “Às vezes, um charuto é só um charuto” e acreditava que, quando voamos em um sonho, nosso corpo voador é um símbolo fálico, uma grande ereção nas alturas?
Você sabia que os bebês recém-nascidos podem “ver” com a língua? Que os alemães que sofrem de úlcera estomacal têm quase dez vezes mais chances de serem afetados pelo efeito placebo que os brasileiros? E que, apesar de pessoas psicologicamente saudáveis não poderem fazer cócegas em si mesmas, esquizofrênicos com delírios de controle são capazes dessa façanha?
Em Só Freud Explica, você conhecerá todos esses fatos bizarros e curiosidades fascinantes, explorando os mais interessantes e importantes conceitos da psicologia. O livro cobre todos os aspectos dessa fantástica ciência, da psicanálise ao behaviorismo, da psicoterapia à neuroanatomia, dos estudos da personalidade aos fenômenos paranormais. Conceitos difíceis são analisados e explicados com exemplos esclarecedores, analisando sua importância mais ampla.
Só Freud Explica também explora as maiores contribuições das mais proeminentes figuras da história da psicologia, de Freud e Jung a Maslow e Reich, de Laing e Pavlov a Adler e Zimbardo, sempre atentando às mais intrigantes curiosidades.
Você sabia, por exemplo, que o apelido de Rorschach na adolescência era Klex (“mancha de tinta”, em alemão), anos antes de ele criar seu famoso teste das manchas de tinta? Ou que, em suas pesquisas sobre o condicionamento de cães, Pavlov deixou um dos cachorros neurótico?
Você conhecerá o efeito Hawthorne, no qual as pessoas mudam seu comportamento ao serem observadas, como no caso em que homens se mostram mais tolerantes à dor quando observados por um pesquisador.
Aprenderá sobre o efeito Baskerville, no qual crenças supersticiosas podem levar à morte. Saberá a verdade sobre o Projeto Pombo, o plano deplorável, porém eficaz, de colocar pombos em mísseis para direcioná-los aos alvos.
Lerá ainda sobre os horrores grotescos da terapia de aversão para “curar” a homossexualidade, inclusive a história verídica de psiquiatras dos anos 1960 vangloriando-se de ter aplicado 4 mil choques elétricos para transformar um homossexual em bissexual.

Deixe uma resposta