Uma resposta que valeria milhões de reais. Como se tornar um profissional mais criativo? Para Austin Kleon, autor de Roube como um artista: 10 dicas sobre criatividade, nada vem do nada, nada é totalmente original.
Todo trabalho criativo é construído sobre o que veio antes, portanto, para se tornar mais criativo, você deve se certificar de que está cercado de boas fontes.
Quando você olha para o mundo dessa maneira, sem preconceitos e olhares desconfiados, para de se preocupar com o que é “bom” e o que é “ruim” – segundo o autor, há apenas coisas que valem a pena ser roubadas e coisas que não valem. Mas calma que não é tão óbvio que não é tão simples assim.
Você não precisa ser um gênio. Basta ser você mesmo. E copiar alguém… Esta é a mensagem que Austin Kleon passa para seus leitores. O jovem, artista e escritor, sabe que a criatividade é para todos. Roube como um artista, seu novo livro, é um manifesto da era digital e uma defesa dos mash-ups e homenagens tão comuns na web.
Nesta obra, Austin mostra através de mensagens positivas um olhar gráfico diferenciado, ilustrações, exercícios e exemplos de como o leitor pode “ativar” seu lado criativo. Quando Kleon foi convidado para fazer uma palestra aos alunos de uma escola em Nova York, formatou seu discurso em cima das 10 coisas que gostaria que alguém tivesse dito a ele quando estava começando.
A palestra foi um sucesso e logo se espalhou de forma viral pela web. E a partir deste feedback, o autor mergulhou fundo nas suas próprias ideias e surgiu com Roube como um artista, o livro. O resultado é uma obra inspiradora, original, prática e divertida.
Austin Kleon, corajosamente, desfila novas verdades sobre criatividade: nada é original, então abrace as influências, colete ideias, misture e reimagine para achar seu próprio caminho. Se gosta de um artista, copie-o, e copie as referências deste artista, descubra de quem ele gosta, quem ele copia, quem é a sua influência, e tome tudo isto para si. Seja este artista, até a hora que vai sentir que não está mais copiando e sim criando sua própria versão.
Roube como um artista coloca os leitores em contato direto com seu lado criativo e artístico e é um verdadeiro manual para o sucesso no século XXI.

Deixe uma resposta