Alessandra Meleiro – O Novo Cinema Iraniano

Qual o papel do cinema na atual sociedade iraniana? Quem influencia quem, o que, como e quando? Como é possível o florescimento da arte cinematográfica numa sociedade islâmica, com um governo altamente repressor e com as verbas aprovadas oficialmente para a produção de filmes? Trata-se de uma relação delicada e intrincada entre as partes envolvidas. Com prefácio de Teixeira Coelho, o livro O Novo Cinema Iraniano — Arte e Intervenção Social aborda todas essas questões de modo profundo e, ao mesmo tempo, interessante.
O prestígio e o sucesso de tantos nomes — de diretores, de filmes, de autores do Irã —, como Abbas Kiarostami e Mohsen Makmalbaf, em evidência na mídia, não são por acaso. Há uma efervescência política e cultural em andamento desde o fim da Guerra Irã-Iraque e a transição de governos. A sociedade amordaçada por tantos anos quer mostrar que seu país não pode ser reduzido a notícias e estereótipos divulgados pelas grandes redes de comunicação, principalmente as ocidentais. Também não se molda àquela imagem veiculada pelo governo nas propagandas políticas. O universo iraniano é muito mais complexo e rico.
Os filmes analisados por Alessandra Meleiro, que realizou três meses de pesquisa de campo no Irã, evidenciam a substituição de políticas culturais de enquadramento ideológico por outras de visões pluralistas e revolucionárias, a substituição de velhos valores pelos novos, apontando as contradições de uma sociedade em vigorosa transformação.
O Novo Cinema Iraniano — Arte e Intervenção Social conduz a diferentes olhares, a diferentes mundos e verdades. Política, cultura, religião e arte com pontos e contrapontos de história a serem desvendados página a página.

Alessandra Meleiro é pós-doutoranda pela Faculdade de Economia e Administração (FEA), da USP, com o tema “Estrutura e dinâmica da circulação internacional de produtos audiovisuais”. É doutora em Cinema e Políticas Culturais pela ECA/USP e mestre em Multimeios pelo Instituto de Artes/Unicamp. A autora ministra aulas no Master Audiovisual Business Administration, no Istituto Europeo di Design, em São Paulo, e é membro da Society for Cinema and Media Studies da University of Oklahoma. Atualmente, é Reseach Fellow da University of London — Faculty of Arts and Humanities. Colabora com artigos sobre cultura e análise internacional para os jornais Folha de São Paulo (cadernos Mais! e Ilustrada) e Valor Econômico e para a revista Carta Capital. Atua ainda como curadora e produtora de projetos culturais e audiovisuais junto a instituições como Sesc-São Paulo, Itaú Cultural e Centro Cultural Banco do Brasil.

Deixe uma resposta