No livro de Gênesis, quando Deus exclama: Abraão!, antes de lhe dar a ordem de sacrificar seu filho Isaac, Abraão responde: Aqui estou. Depois, quando Isaac exclama: Meu pai!, antes de lhe perguntar por que não havia nenhum animal a ser sacrificado, Abraão responde: Aqui estou. Como podemos cumprir os deveres conflitantes de pai, marido e filho; esposa e mãe; criança e adulto? E judeu e americano? Como reclamar de nossas próprias identidades se nossas vidas estão tão estreitamente ligadas às dos outros? Essas são as perguntas que habitam a essência do primeiro romance de Jonathan Safran Foer em onze anos: um trabalho de enorme alcance e intimidade desconcertante.
Desdobrando-se ao longo de quatro semanas turbulentas em Washington, D.C., nos dias de hoje, Aqui Estou é a história de uma família entrando em colapso contra o pano de fundo de uma crise. Enquanto Jacob e Julia Bloch e seus três filhos são forçados a confrontar as distâncias entre as vidas que eles pensam que desejam e as vidas que estão vivendo, um terremoto catastrófico desencadeia um conflito que se agrava em velocidade alarmante no Oriente Médio. Estão em xeque o significado de lar e a questão fundamental: com quanta intensidade é suportável viver?
Demonstrando a mesma inventividade enérgica, irreverência jocosa e urgência emocional que leitores e críticos amaram em seus trabalhos anteriores, Aqui Estou é o romance mais exploratório, retumbante e eloquentemente divertido de Foer até agora. Ele não só confirma a grandeza do seu talento literário, mas revela um romancista que encontrou sua voz enquanto um dos escritores mais importantes dos Estados Unidos de hoje.

Jonathan Safran Foer nasceu em Washington, DC, filho de Albert Foer e Esther Safran Foer. Foer graduou-se em Princeton, em 1999, com uma licenciatura em Filosofia e viajou para a Ucrânia para expandir sua tese. Em 2001, editou a antologia A Convergence of Birds: Original Fiction and Poetry Inspired by the Work of Joseph Cornell, para a qual contribuiu com o conto “If the Aging Magician Should Begin to Believe.” Sua tese de Princeton tornou-se o romance Everything Is Illuminated, que foi publicado pela Houghton Mifflin em 2002.
O segundo romance de Foer, Extremamente alto e incrivelmente perto, foi publicado em 2005. No romance, Foer usa 11/09 como pano de fundo para a história de Oskar Schell, que aprende a lidar com a morte de seu pai no World Trade Center.

Deixe uma resposta