Breve História Do Rio Grande Do Sul aborda de uma forma bastante didática a história do Rio Grande do Sul, focando na importância que o Rio Grande do Sul teve durante os anos de colônia. De forma quase que cronológica o autor começa mostrando as dificuldades que a colônia teve em povoar as terras mais ao sul, principalmente pelo fato da pouca importância econômica que essas terras tinham, assim o índio foi fundamental para o povoamento da região. Os primeiros capítulos do livro demonstram esse comportamento de utilizar os índios como povoadores das terras, seja através das Missões Jesuíticas ou mesmo de uma forma mais direta por parte do governo como a criação de aldeias como a Aldeia dos Anjos.
Breve História Do Rio Grande Do Sul nasceu de uma ideia pretensiosa, mas ao mesmo tempo busca a despretensão. Ele pode ser considerado pretensioso, já que pretende resumir quase três séculos de história em poucas páginas, o que pode parecer para alguns uma tarefa temerária. De fato, em um texto como esse, diversos aspectos da história sul-riograndense tiveram que ser abordados de maneira superficial, enquanto outros nem sequer foram contemplados. De toda forma, espero que pelo menos os temas principais tenham sido abordados.
Por outro lado, o texto foi produzido com uma certa despretensão, na medida em que procurei evitar as discussões teóricas e historiográficas que tornariam a sua leitura menos fluida e acessível a um universo mais amplo de leitores. Esta postura de modo algum pretende desprezar a importância destas discussões, mas como o objetivo principal era fazer uma leitura breve da nossa história, optei por deixar de lado estes aprofundamentos que interessam mais aos especialistas no métier.
Breve História Do Rio Grande Do Sul se divide em doze pequenos capítulos, que procuram abranger os séculos XVIII, XIX e XX de maneira mais ou menos igualitária. Procurei seguir uma ordem cronológica, embora em alguns dos capítulos tenha ocorrido um trânsito por diversas temporalidades. Mas, de maneira geral, o processo histórico sul-riograndense foi descrito e analisado partindo-se dos fatos acontecidos durante o período colonial, passando era seguida pelo período imperial e terminando com o período republicano.

Deixe uma resposta