A disciplina Formação e Desenvolvimento da Sociedade Brasileira tem por objetivo possibilitar aos estudantes universitários o conhecimento sobre a realidade em que vivem, onde irão atuar como profissionais e a compreensão sobre a história de seu país e sua inserção mundial, capacitando-os para se posicionar e atuarem crítica e construtivamente no contexto socioeconômico e cultural. Este país apresenta enormes contradições, que se constituem em desafios postos a todos e a cada um, particularmente para os estudantes do ensino superior. Integrante do rol das disciplinas da Formação Geral e Humanística da Unijuí, também contribui para o atendimento das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e a qualificação dos estudantes nas dimensões exigidas pelo Enade, em relação a todos os cursos oferecidos pela universidade.
O mundo do pós-guerra, a partir de meados do século 20, vive um processo de aceleração histórica, com grande velocidade das transformações tecnológicas, econômicas, sociais e culturais, tanto no plano internacional quanto no âmbito de cada país, em especial no Brasil. Intensifica-se, por todos os meios, o debate sobre os problemas da humanidade e os rumos de desenvolvimento de cada país ou região. Um forte anseio de aprofundar o conhecimento da realidade, entender as mudanças e participar da construção do futuro perpassa a sociedade e contagia principalmente a juventude.
A sociedade brasileira, cada vez mais integrada ao contexto mundial, complexificou-se ainda mais nas últimas décadas, desafiando pessoas, instituições e profissionais, a pensar e assumir as responsabilidades da construção deste país. Os conteúdos abordados, a metodologia utilizada, as pesquisas e o amplo debate realizado em sala de aula contribuem para que os estudantes percebam a dinâmica da sociedade em que vivem e se situem como parte integrante de uma realidade, como sujeitos constituintes de um país.
A disciplina Formação e Desenvolvimento da Sociedade Brasileira tem muito a contribuir na formação do aluno com este diferencial, tendo como foco a formação geral, abrangente, do ser humano, do cidadão e do profissional. Uma sociedade pluralista e cada vez mais democrática requer maior conhecimento sobre a realidade do país (que país é este?), sobre a sociedade em que se vive e em que se pretende exercer a profissão, para poder fazer, de forma consciente e responsável, as escolhas mais adequadas em cada área e a cada momento.

Deixe uma resposta