Este livro é fruto de minha tese de doutorado. Seu objetivo foi apresentar o modo singular de educar que venho vivendo há pouco mais de uma década e que intitulo como Pedagogia da Vida.
A obra está ancorada no pensamento reichiano e loweniano e é através de um estudo de caráter testemunhal que busco construir os fundamentos educativos desta pedagogia, que, apesar de privilegiar o lócus da formação no contexto profissional e universitário, não perde de vista a meta ideativa da formação humana, o aprimoramento da existência viva.
Inicialmente, apresento uma visão de homem, cultura e natureza, explicitando a crítica que aponta ideativamente para a busca de uma Vida Viva. Esta concepção, fundada nas contribuições de Wilhelm Reich e Alexander Lowen, é uma leitura síntese que construí a partir dos pontos convergentes na obra dos autores. Dito isto, não pretendo encerrar suas diferenças, mas deixar claro ao leitor que as ideias aqui expostas são fruto do encontro singular que tenho com essas obras. Não há a intenção de homogeneizá-los ou de reduzir toda a diversidade de suas produções neste modo único de tratar suas contribuições.
À medida que formos avançando nas páginas de Pedagogia Da Vida, veremos, então, o modo singular pelo qual fui me apropriando destes autores e suas obras em minha própria vida. No entanto, vale fazer algumas considerações iniciais.
Considero o pensamento reichiano, assim como o loweniano, em contínua evolução, na qual não seguem uma linearidade, apresentando, inclusive, movimentos internamente divergentes, nos quais chegam a refutar suas próprias afirmações prévias – Reich trata de algumas de suas afirmações anteriores como erros ou pensamentos falhos em Éter, Deus e o Diabo.
Adoto uma perspectiva reichiana influenciada pela orgonomia. Esta influência se dá principalmente no que se refere a uma abertura “espiritual”, que traça um olhar para a natureza primária universal validado por influências psicanalistas e marxistas, que já traziam em seu bojo um afinamento com uma dimensão vitalista. Não perco de vista, contudo, sua acurada visão clínica psico corporal, alinhada a uma crítica da cultura e da educação através de suas instituições e seus modos de expressão na vida.

Deixe uma resposta