Lovecraft, mestre indiscutível do terror, foge das idealizações do Bem e da Abominação do Mal. Mergulha seus personagens num mundo de sombras, sonhos e pesadelos, e constrói uma arquitetura maravilhosa e assustadora de seres que desafiam sua condição mortal e se lançam a viagens e aventuras à procura do autoconhecimento, da imortalidade, do poder divino e encontram muitas vezes sua própria destruição.
De O Chamado de Cthulhu, um verdadeiro clássico de horror, passando por A Sombra em Innsmouth, a história de um povoado de pescadores atormentados por uma força misteriosa, o leitor terá uma amostra do melhor estilo de terror psicológico, dos perigos no trato com o sobrenatural e de personagens desorientadas que são jogadas no abismo da loucura. As misteriosas histórias de Lovecraft seduzem pelo clima que inspiram, no qual há ausência de sustos baratos frente ao contato sempre presente com as forças ocultas que estão a nossa volta. O livro traz, também, trabalhos inéditos traduzidos pela primeira vez em nosso idioma, introdução abrangente, além de seus melhores ensaios e poesias. Preparem-se para uma viagem fantástica, na qual o caminho é tortuoso e o destino mais incerto ainda.
Muitos dos trabalhos de Lovecraft foram diretamente inspirados por seus constantes pesadelos, o que contribuiu para a criação de uma obra marcada pelo subconsciente e pelo simbolismo. As suas maiores influências foram Edgar Allan Poe, por quem Lovecraft nutria profunda afeição, e Lord Dunsany, cujas narrativas de fantasia inspiraram suas histórias em Terras de Sonho.
Lovecraft é um dos poucos autores cuja obra literária não tem meio-termo: volta-se única e exclusivamente para o horror, tendo como finalidade perturbar o leitor, depois de atraí-lo para a atmosfera, o ambiente, o clima daquilo que lê. Muitas vezes, ele parte de uma situação, à primeira vista, banal para, paulatinamente, revelar o horror por trás dela. Assim acontece no romance O Caso de Charles Dexter Ward, no qual a atmosfera de normalidade vai se desfazendo à medida que o autor vai revelando, aos poucos, o resultado da pesquisa que o citado Charles fizera tentando encontrar um seu antepassado que havia sido obscurecido propositadamente.

 

Deixe uma resposta