A coleção Educação Profissional e Docência em Saúde: a formação e o trabalho do Agente Comunitário de Saúde, organizada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio da Fundação Oswaldo Cruz (EPSJV/Fiocruz), é dirigida aos docentes das instituições responsáveis pela formação dos agentes comunitários de saúde, em particular às Escolas Técnicas do Sistema Único de Saúde (ETSUS). Estas escolas públicas da área da saúde, majoritariamente ligadas às Secretarias de Saúde dos estados e municípios, dedicam-se à educação profissional dos trabalhadores de nível médio e técnico do SUS, estando organizadas em âmbito nacional, desde 2000, na Rede de Escolas Técnicas do SUS (RETSUS), da qual a EPSJV faz parte.
A idéia de uma coleção de textos de referência bibliográfica para os docentes que se dedicam à educação dos ACS surge do reconhecimento da necessidade de sistematizar e socializar os saberes fundamentais à formação desses profissionais, saberes estes que transcendem o nível local e conformam uma base comum ao trabalho.
O livro O Território e o Processo Saúde-Doença é o primeiro da coleção Educação Profissional e Docência em Saúde: a formação e o trabalho do agente comunitário de saúde, composta de seis volumes voltados para os docentes do Curso Técnico de Agentes Comunitários de Saúde (ACS).
Os temas deste livro foram pautados a partir da discussão em torno de dois eixos: o processo saúde-doença; a territorialização e o diagnóstico sóciosanitário.
Incluir estes temas na formação e qualificação dos docentes, indicando a pertinência de sua adoção como conteúdo para a formação de ACS, significa propor uma reflexão para além das práticas cotidianas dos ACS, por meio da qual o diagnóstico sócio-sanitário tem destaque. O que se propõe aqui é tornar presente o pensamento crítico sobre concepções de saúde, os objetos da atenção à saúde, os conceitos que dialogam com a conformação desses objetos e os modos como estes se traduzem em práticas que compõem o trabalho do ACS.

Deixe uma resposta