Cora Coralina – Vintém De Cobre

Posted on Posted in Poesia

Vintém de cobre: meias confissões de Aninha apresenta um estilo bastante informal, seja pela linguagem ou pelo estilo dos poemas.
Os poemas apresentam narrações de casos ocorridos na infância do eu lírico através de cenas cotidianas, com uma aparente informalidade, pautada na oralidade.
A maior parte dos poemas de Vintém de cobre é constituída de narrações, onde o eu lírico, relatando situações particulares, narra casos comuns a todo um povo que viveu na referida época e naquelas condições, são os casos da memória coletiva.
As primeiras críticas com relação à obra de Cora Coralina foram negativas em relação a esse fato, diziam que faltava densidade poética nos versos devido ao excesso de narrações.
A narração não impede a poeticidade da obra, porque dentro dessas narrações pode haver o poético, como se percebe no poema “Três deveres a cumprir” na narração do trabalhador pobre que ajudou outro trabalhador.
Essas narrações fazem com que o estilo do poema seja semelhante ao contar de casos, típicos das populações rurais, que é um dos focos temáticos centrais das obras da autora, combinados com uma linguagem semelhante com a usada por esse povo.
Em Vintém de cobre: meias confissões de Aninha o eu lírico usa uma linguagem como a que é usada no momento. Sendo também simples e clara, sem rebuscamentos, mas com correção gramatical.
Essa linguagem também contém palavras e expressões comuns no ambiente rural, pois está sempre tratando desse mundo, o que ajuda na oralidade presente nesses poemas. Com essa linguagem ocorre uma forma de expressão da nacionalidade e a função social da poesia, porque mostra nossas expressões, principalmente as comuns em um espaço rural.
Essa linguagem expressa o modo de vida de um povo, e por meio dela que se produz a poeticidade dessa expressão, porque ela é a linguagem usada por esse povo. O vocabulário simples dos poemas faz com que se revele melhor a realidade que tratam: a realidade do dia a dia, pois não poderia tratar do cotidiano com termos sofisticados, principalmente por ser uma realidade de um espaço rural, de onde deriva também a escolha por expressões típicas do mundo sertanejo

Deixe uma resposta