Georg Wilhelm Friedrich Hegel – A Filosofia Do Espírito

Posted on Posted in Filosofia

(O conhecimento do espírito é o mais concreto, portanto o mais alto e o mais difícil.) “Conhece-te a ti mesmo” — esse mandamento absoluto não tem nem em si, nem onde se apresenta historicamente como expresso, a significação de ser apenas um autoconhecimento, segundo as particulares aptidões, o caráter, as inclinações e as fraquezas do indivíduo; mas (tem) a significação do conhecimento do verdadeiro do homem, como (também) do verdadeiro em si e para si — da essência mesma enquanto espírito.
Tampouco tem a filosofia do espírito a significação do que se chama conhecimento dos homens, que se dá ao trabalho de pesquisar nos outros homens igualmente as particularidades (Besonderheiten); paixões, fraquezas, que se dizem refolhos do coração humano, (É isso) um conhecimento que de um lado só tem sentido na pressuposição do conhecimento do universal, do homem, e portanto essencialmente do espírito; de outro lado, ocupa-se das existências contingentes, insignificantes, não verdadeiras do espiritual, mas não impele até ao substanciai, ao espírito mesmo.
Adendo: A dificuldade do conhecimento filosófico do espírito consiste em que aqui não temos mais de tratar com a ideia lógica simples, relativamente abstrata, mas com a mais concreta forma, a mais desenvolvida que a ideia alcança na efetivação dela mesma. Também o espírito finito ou subjetivo — (e) não simplesmente o espírito absoluto — deve ser compreendido como uma efetivação da ideia. A consideração do espírito só é, em verdade, filosófica quando reconhece o conceito do espírito em seu desenvolvimento e em sua efetivação vivos, isto é, precisamente quando reconhece o espírito como uma imagem da ideia eterna. Mas conhecer o seu conceito pertence â natureza do espírito. O desafio ao autoconhecimento, lançado pelo Apoio délfico aos gregos, não tem, pois, o sentido de um preceito dirigido de fora ao espírito humano por uma potência estranha; antes, o deus que impele ao autoconhecimento não é outra coisa que a própria lei absoluta do espírito.

Deixe uma resposta