Ana Cristina De Souza Mandarino & Estélio Gomberg (Orgs.) – Racismos: Olhares Plurais

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais

Recuperar a historicidade dos fenômenos sociais – reinseri-los, enquanto práticas, no tempo e no espaço, reencontrar os caminhos pelos quais aquilo que se esboçava de maneira vaga em diversas áreas da vida social veio a se reforçar e sedimentar como um padrão de conduta – é também politizá-los, abrir a avenida da crítica. (mais…)

Gisela Gonçalves & Flavi F. Lisboa Filho (Orgs.) – Novos Media E Novos Público Vol. III

Posted on Leave a commentPosted in Comunicação

Na atual “ecologia mediática”, a Internet tem estado no centro da investigação em Ciências da Comunicação, especialmente desde a emergência da chamada Web 2.0. Se centrarmos atenções na literatura de relações públicas e comunicação organizacional, também se encontra facilmente todo um caleidoscópio de perspectivas (mais…)

José Ricardo Carvalheiro – A Nova Fluidez De Uma Velha Dicotomia: Público E Privado Nas Comunicações Móveis

Posted on Leave a commentPosted in Comunicação, Internet

A dicotomia público/privado é correntemente utilizada em vários campos, com os conceitos a adquirirem diferentes sentidos. Numa obra de referência sobre o mapeamento dessa dicotomia (Public and Private in Thought and Practice: Perspectives on a Grand Dichotomy), Weintraub e Kumar apelam à clarificação teórica (mais…)

Celso Arnaldo Araujo – Dilmês: O Idioma Da Mulher Sapiens

Posted on Leave a commentPosted in Literatura Brasileira

Tive — como é mesmo a palavra? — uma epifania. Até hoje não sei se palavra tão solene, geralmente reservada a súbitas descobertas filosóficas, pensamentos iluminados, revelações de altas manifestações do espírito, aplica-se realmente ao que senti naquele momento — até porque acho que nunca mais terei uma nova epifania diante de qualquer outro fenômeno. (mais…)

Abel Gabriel Gonçalves Junior – O Direito Sanitário Na Sociedade De Risco: A Política Nacional De Atenção À Saúde Dos Povos Indígenas

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Direito, Enfermagem, Medicina, Saúde

Falar em direito à saúde, é, antes de qualquer coisa, falar em direito à vida. O maior desafio enfrentado nesse trabalho consiste em demonstrar o direito sanitário na sociedade de risco e, sobretudo, qual o tratamento jurídico que a saúde recebe, especialmente na Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas. (mais…)