Magda Becker Soares & Antônio Augusto Gomes Batista – Alfabetização E Letramento

Posted on Posted in Educação, Pedagogia

O que são a alfabetização e – esse novo conceito – o letramento? Em que consiste alfabetizar e letrar? Que conhecimentos e capacidades estão envolvidos na alfabetização e no letramento?
Qual a importância desses conceitos para a prática de ensino da linguagem escrita?
Discutir, sob um ponto de vista teórico, respostas a essas perguntas é o objetivo central deste Caderno. Você pode estar pensando: para que discutir teoricamente, para que discutir conceitos se os problemas em sala de aula são tão urgentes que queremos respostas práticas e não teóricas?
Acreditamos que há duas razões que justificam o exame teórico dos conceitos de alfabetização e letramento.
A primeira delas é que uma adequada reflexão sobre diretrizes metodológicas, bem como uma consciente tomada de decisões, em sala de aula, pressupõe, dentre outros fatores, o conhecimento dos fundamentos teóricos que deram origem a essas diretrizes metodológicas, que podem dar base a decisões em sala de aula, que podem justificar direções seguidas.
Em outras palavras: metodologia e teoria são duas faces de uma mesma moeda e são, por isso, inseparáveis. Não é possível atuar, com autonomia, em sala de aula, sem o conhecimento do objeto que se deseja ensinar e de cuja natureza e características decorrem, em larga medida, a utilização – e, por que não, a criação – de princípios, diretrizes e procedimentos metodológicos. Assim, conhecimentos de natureza teórica
são um elemento importante para a construção de uma atuação autônoma de qualquer professor e, por isso, devem integrar sua formação.
A segunda razão está relacionada ao desenvolvimento, posterior a este curso, de sua formação continuada ou permanente, na área de alfabetização. Habitualmente, parte importante do material – livros, artigos e revistas acadêmicos – que podem auxiliá-lo nessa tarefa de permanente formação são pouco acessíveis se você não dominar algumas das referências teóricas que orientam a produção desses trabalhos ou se você não conhecer as relações que se estabelecem entre eles.
Quer dizer: se você desconhecer aspectos dos fundamentos teóricos da área, ficará muito difícil dar prosseguimento, com autonomia, a sua formação.

Deixe uma resposta