Convidamos você a acessar este compilado de trabalhos atuais, que englobam os Estudos Interdisciplinares em Ciências Exatas e da Terra, apresentados durante o III Seminário de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (III SPPGI), na Regional Catalão da Universidade Federal de Goiás (UFG-RC), cujas publicações foram viabilizadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG). Os trabalhos completos apresentados se agrupam nas áreas de física, matemática e química, e vão desde as suas aplicações teóricas até as práticas.
O primeiro capítulo, “Controle sem fio por dispositivos  móveis de prótese biônica de mão”, aborda a construção de um aplicativo para dispositivos móveis, que objetivou enviar sinais de controle, via Bluetooth, a uma prótese de mão de baixo custo, na qual cada um dos cinco dedos da prótese possui servomotores de movimento de flexão e extensão. Uma placa Arduino atuou como mediadora entre os comandos de dispositivo móvel e a prótese biônica de mão. No Capítulo 8, também está disponível um trabalho semelhante sobre a “Introdução ao estudo da plataforma Arduino para desenvolvimento de aplicações em integridade estrutural”, em que os autores desenvolveram comunicação via Bluetooth e conexão com um aplicativo de smartphone Android utilizando a plataforma Arduino.
O Capítulo 2, intitulado “Desenvolvimento de sensores ativos para identificação de gases poluentes do ar atmosférico na cidade de Catalão-GO”, demonstra a avaliação da presença de poluentes gasosos como dióxido de enxofre (SO2) e amônia (NH3), na cidade de Catalão-GO. Para realizar esse trabalho, os autores monitoraram a qualidade do ar mediante metodologia de amostragem ativa acoplada a um sensor químico constituído de materiais alternativos.
A “Determinação das equações do movimento de máquinas móveis do tipo Jansen” (Capítulo 3) trata de um método para a modelagem de mecanismo cinético de locomoção criado pelo físico Theo Jansen.
Diante da importância do “Estudo de materiais vegetais como adsorventes para a remoção dos agrotóxicos trifluralina, clorpirifós e α-endossulfam de solução aquosa”, os autores do Capítulo 4 realizaram uma análise de materiais obtidos a partir de fontes naturais renováveis quanto à capacidade de remoção de determinados agrotóxicos de amostras de água, para que possam ser empregados na descontaminação de matrizes aquosas reais.

Deixe uma resposta