Marcelo Bezerra Lima, Sebastião De Oliveira E Silva & Cláudia Fortes Ferreira (Edits) – Banana

Posted on Posted in Agronomia

A cultura da banana tem elevado destaque no cenário mundial, o que proporciona estímulos ao seu plantio e ao seu desenvolvimento tecnológico.
Em resposta aos investimentos em pesquisa, o conhecimento sobre a cultura cresceu nos últimos anos, em todas as áreas de estudo, desde a tecnologia de plantio até o aproveitamento pelos produtores. Esses avanços devem-se a escolha de material genético superior, tecnologias adequadas e adaptadas às regiões brasileiras.
O crescimento da produção nacional gerou uma demanda da sociedade por informações mais atualizadas sobre essa cultura e, para atender a essa demanda, a Embrapa Mandioca e Fruticultura disponibiliza a segunda edição da obra Banana – 500 Perguntas 500 Respostas, que faz parte de uma série voltada tanto para técnicos quanto para produtores do agronegócio banana. Ela contém informações produzidas a partir de perguntas levantadas pelo Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) dessa Unidade, por meio de cartas, telefonemas, fax e correio eletrônico, além de consultas diretas a pesquisadores e técnicos da Unidade.
Colocamos, assim, à disposição da sociedade brasileira, conhecimentos selecionados e sintetizados sobre a cultura da banana, de forma a complementar outros canais de comunicação, como trabalhos científicos, congressos, dias de campo e atendimento direto ou por telefone, ampliando nosso envolvimento com o agronegócio da banana, esse expressivo ramo da atividade agrícola brasileira.

A bananicultura apresenta-se como um dos principais agronegócios internacionais, uma vez que a banana é a fruta fresca mais consumida no mundo. O Brasil é o quarto produtor mundial e sua produção, de 7,1 milhões de toneladas de banana, é praticamente destinada ao consumo interno, o que o transforma no primeiro consumidor mundial de banana. Não obstante sua posição de destaque como grande produtor, o Brasil exporta apenas 1,5% de sua produção.
O agronegócio banana é uma atividade lucrativa e desenvolvida em todo o território nacional, numa demonstração irrefutável de sua amplitude, importância socioeconômica e abrangência geográfica.
Tecnologias mais limpas e que propiciem condições de produção diferenciada, sem agressão ao meio ambiente, condicionando qualidade e produtividade a material genético superior, sempre foram preocupação constante da Embrapa Mandioca e Fruticultura. São objetivos permanentes desta Unidade a redução de perdas na pós-colheita, a minimização dos efeitos danosos nos diferentes agroecossistemas, o estabelecimento efetivo da agricultura familiar e a elaboração de novos sistemas de produção direcionados para o desenvolvimento sustentável do homem, no campo, por meio da transferência do conhecimento e das tecnologias disponíveis. Atualmente, grandes esforços têm sido dedicados à produção integrada e orgânica de banana.
A elaboração e publicação desta nova edição, na forma de perguntas e respostas, constituem um reforço técnico importante para o agronegócio banana e promoverá, sem dúvida alguma, mais interação entre os diversos elos da cadeia produtiva.

  

Deixe uma resposta