José Ribamar Felipe Marques (Edit.) – Búfalos

Posted on Posted in Veterinária

Búfalos: 500 Perguntas, 500 Respostas – O produtor pergunta, a Embrapa responde é um livro que vem ao encontro das demandas dos mais diferentes segmentos da cadeia produtiva desse produto de importância crescente.
A Embrapa Amazônia Oriental, no cumprimento de sua missão institucional, tem a satisfação de colocar à disposição de seus clientes do setor produtivo um acervo de conhecimentos e tecnologias, gerados em mais de meio século de pesquisa, que, com certeza, muito contribuirão para o desenvolvimento da bubalinocultura na Amazônia e no Brasil.
O esforço da equipe de pesquisadores experientes, aliado à contribuição de criadores tradicionais na elaboração desta obra, confere a este trabalho praticidade requerida como fonte de consulta para responder às demandas de diferentes públicos ligados a esse importante tema.
A abordagem do livro é a mais ampla possível, indo desde a origem, domesticação e classificação zoológica até a administração da fazenda, tornando-se, portanto, um importante instrumento para transferência de conhecimentos e tecnologias sobre a bubalinocultura.
A Embrapa e seus parceiros institucionais sentem-se honrados em apresentar este importante documento à sociedade amazônica e brasileira.
A criação de búfalos no Brasil adquiriu grande dimensão em razão da adaptação dos animais às várias regiões e ao desempenho na produção de carne e leite, além da importância como animais de trabalho. Há rebanhos de grande valor zootécnico em todas as regiões do País, e os seus produtos já são diferenciados pela qualidade. Este livro, editado na coleção 500 Perguntas, 500 Respostas – O produtor pergunta, a Embrapa responde, atende à demanda de uma atividade em ascensão, visando às necessidades mais básicas dos criadores e técnicos envolvidos com a criação de búfalos, seguindo a trilha do êxito já obtido com outras espécies animais e agrícolas. Justifica-se a sua edição dadas as particularidades relacionadas com a espécie bubalina, que vão desde os hábitos e alimentação até as peculiaridades no comportamento reprodutivo.
A sua elaboração partiu de perguntas formuladas por criadores e técnicos de todo o País, contatados individualmente ou por meio das associações de criadores dos estados que responderam nossas consultas. Participaram como revisores alguns dos mais renomados criadores e técnicos que, também, nos atenderam com a humildade dos que sabem quase tudo. Sem alarde ou estrelismo. Foi assim que Wanderley Bernardes, um dos expoentes máximos da bubalinocultura mundial, até poucos dias antes do seu desencarne, revisou pela segunda vez este livro, enriquecendo-o com suas observações práticas e acuidade de quem viveu toda uma vida junto aos búfalos. Durante décadas ele fez de Sarapuí, da sua Paineira da Ingaí, o ponto de convergência da criação de búfalos no Brasil. Do mesmo modo que, da imensidão dos seus conhecimentos, lúcido e sábio, o zootecnista e professor Abnor Gurgel Gondim, no aconchego da sua Fortaleza, CE, precisou de apenas poucos dias para devorar todas estas páginas, enriquecendo-as com suas sugestões e conhecimentos.

  

Deixe uma resposta