“Um livro é um brinquedo feito com letras. Ler é brincar.”
A frase do educador Rubem Alves resume bem a importância que a leitura tem para crianças pequenas.
Ler, assim como cantar, conversar ou fazer rimas para as crianças, é tão importante para o desenvolvimento na primeira infância, que a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda que os profissionais estimulem pais e cuidadores a adotarem essa prática desde o nascimento.

Ler, ouvir e contar histórias fortalece o vínculo entre pais e filhos, promove o contato das crianças com a linguagem e as ajuda a construir significados. Por meio das personagens e das histórias narradas, a leitura leva fantasia à vida das crianças, estimula o uso da imaginação e da criatividade, e enriquece suas experiências, transformando-se num hábito leve, saudável e divertido.
A intenção da publicação que você tem em mãos e faz parte da campanha “Receite um Livro” é apoiá-lo a fim de inserir de fato essa recomendação no seu dia a dia e no atendimento a todas as crianças, incluindo, claro, aquelas com deficiência, prematuras, com problemas cognitivos ou em situação de extrema pobreza pelo Brasil afora.
Este livreto traz desde orientações práticas, como sugestões de abordagem e respostas às principais dúvidas que chegam ao consultório, até evidências da importância da leitura para o desenvolvimento de crianças pequenas, com links para algumas das principais pesquisas já feitas sobre o assunto.
Considerados a fonte mais confiável de informações sobre o desenvolvimento do bebê para a maioria dos pais (71%), os pediatras têm papel fundamental para contar mais essa história com final feliz.

Deixe uma resposta