Este livro destina-se a todos os interessados em pensar e problematizar o nosso presente a partir do legado intelectual de Michel Foucault: professores, pesquisadores e estudiosos, seja dos campos da Educação, da Filosofia, da Sociologia e da Literatura, seja dos campos da Medicina, do Direito, da Política e das Artes.
Reúnem-se, aqui, as questões apresentadas e discutidas durante o IV Colóquio Internacional Michel Foucault, realizado na cidade de Natal, em 2007. Para usar a conhecida expressão de Foucault, este livro é um “nó em uma rede”. Tomando o pensamento do filósofo como uma caixa de ferramentas, cada capítulo parte de diferentes perspectivas disciplinares e temáticas de modo a refletir tanto sobre as políticas espaciais quanto sobre os diversos espaços da política nos dias de hoje.
Ao deslocar seu olhar para as bordas constitutivas da racionalidade ocidental – dedicando-se a estudar a loucura, a anormalidade, a monstruosidade, a sexualidade, o corpo, os ilegalismos, os infames e tudo aquilo que a racionalidade moderna excluiu, desconheceu ou definiu como passível de punição, de normalização e de medicalização –, Michel Foucault fez aparecer uma nova geografia de nosso pensamento e de nossas práticas.
O desejo maior dos organizadores deste livro é que ele contribua para uma melhor compreensão e problematização sobre essa nova geografia, de modo a saber onde e como nos situamos e quais são os espaços (concretos e simbólicos) que constituímos e que nos constituem.

Deixe uma resposta