Alessandro Passerin – A Doutrina Do Estado

Posted on Posted in Ciências Sociais

Do momento do nascimento até aquele da morte a nossa vida parece rodeada de inúmeras forças que se apresentam ora como obstáculos ora como tutelares do curso desta, e muitas vezes determinam seu destino. Dentre essas forças algumas nos são completamente estranhas, como aquela da natureza; outras, ao contrário, são resultado de situações e condições criadas por nós mesmos ou por outros, deliberadamente ou não. Entre essas tais condições – usos comuns, prescrições, comandos – as mais numerosas, as mais eficazes, as mais sentidas e ressentidas diretamente por cada um são aquelas comumente associadas à noção, tão difusa quanto vaga, de uma entidade misteriosa e onipresente, de um poder ao mesmo tempo indefinido, imperioso e irresistível: a noção de Estado.

Deixe uma resposta