estu

Os povos indígenas que habitam o território em que se formou o Brasil não teriam muitas razões para acolher com serenidade e entusiasmo a convivência com as populações não indígenas que hoje ocupam as terras que anteriormente foram disputadas entre eles.
A história da conquista, ocupação e exploração do território que compõe o país é marcada pela extrema violência que incidiu sobre os ocupantes originários, pelos jogos de aliança entre indígenas e não indígenas nas guerras locais, por armadilhas e massacres que terminaram por empurrar os povos indígenas para o oeste, onde novamente foram perseguidos pela onda colonizadora, em busca do desbravamento de novas fronteiras para o que conhecemos como civilização. E novamente os grupos indígenas sofreram as consequências das diversas formas de contato, a maioria delas de grande violência, física e simbólica, quando não de simples extermínio.

pdf

Deixe uma resposta