livromaravista

Mar à Vista, de Eustógio Dantas chega à sua segunda edição. O livro é a expressão das múltiplas possibilidades de leitura das tramas urbanas construídas na tessitura de uma cidade multifacetada. Seu conteúdo traduz a complexidade das relações travadas na cidade de Fortaleza, capazes de revelar a dinâmica da metrópole na perspectiva de seus vínculos com o litoral e com o mar. A cidade sob esta ótica é discutida numa condição de objeto ambivalente. Focaliza um tema emergente na pauta urbana das cidades litorâneas. Dispondo de excelente fundamentação teórica e embasamento metodológico adequado, relaciona, com muita propriedade, os vínculos entre o litoral e o mar pondo na ordem do dia um tema pouco discutido pelas ciências sociais contemporâneas. Seguro em seus argumentos, elaborou um livro necessário e inovador, ampliando a discussão e alargando o campo de análise de um conceito presente, de forma compulsória nos textos sobre mar, brisa, turismo e lazer.
Munido de vigoroso referencial teórico e metodologia cujo eixo de argumentação busca compreender a tessitura de uma relação conflituada entre a cidade, o mar e o marítimo em contraponto aos seus vínculos com o sertão. Título inusitado, tema inovador, abordagem reveladora. A temática do livro traz à tona as transformações urbanas de Fortaleza contextualizadas nas diferentes concepções, olhares e práticas sociais tendo o mar como motivo e objetivo maiores. Constante na literatura e no cancioneiro cearense, o mar, como temática, alcançou notoriedade nos versos de Alencar com os “Verdes mares bravios de minha terra natal, onde canta a jandaia nas frondes da carnaúba”.

pdf

Deixe uma resposta