Paola Verri De Santana – Ecoturismo: Uma Industria Sem Chaminé?

Posted on Posted in Ecologia, Geografia, Turismo

pao

O enfoque desenvolvido na Geografia Humana onde o espaço geográfico é produzido pelo homem através de um processo histórico de transformação da natureza orienta a discussão e a compreensão do objeto de estudo. É neste sentido que o espaço geográfico é produzido pelo homem através de um processo histórico de transformação da natureza. Quando entendido como espaço social é especialmente para testemunho de que é produto das relações sociais de produção, além de ser nele onde elas se realizam. O espaço, enquanto uma dimensão da sociedade, é homem e natureza e manifesta-se como espaço físico e social das relações objetivas entre sujeito e objeto que o faz humanizado. Isso não implica em concluir que o homem seja puramente o sujeito, porque este não se separa da natureza inclusive porque para se fazer como tal também sofre relação objetiva. Isto é, um ser indissociavelmente dotado sujeito e objeto. Contudo, o homem se diferencia nestas relações dialéticas quando de posse de sua liberdade de ter a consciência de sua ação, trabalho e busca pela satisfação de suas reais necessidades. Dialéticas porque o homem se impõe como sujeito se também for um ser objetivo, até mesmo nas relações entre homens. O momento marca o processo em que o homem passa a fazer sua própria história e deixa de pertencer simplesmente a uma história da natureza, da Terra, do universo. Assim o homem não é só parte da natureza, se a natureza é julgada socializada, ela torna-se para a consciência humana sua própria extensão.

pdf

Deixe uma resposta